Dirigir sem cinto, excesso de passageiros, ultrapassar a velocidade permitida, essas são algumas das multas de trânsito que os brasileiros mais cometem. 

No entanto, é bom ficar atento, pois os valores das infrações de trânsito do Código Brasileiro sofreram reajustes que estão valendo desde 2019. 

Conheça aqui, no blog da Compara, os novos valores das multas de trânsito mais comuns entre os brasileiros.

Novos valores de multas mais cometidas por motoristas brasileiros

Multa de trânsito por dirigir sem cinto de segurança

A multa por dirigir sem cinto de segurança é uma infração grave

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, CTB, o motorista enquadrado nessa irregularidade será punido com a perda de 5 pontos na carteira de habilitação e obrigado a pagar uma multa no valor total de R$195,23.

Multa de trânsito por excesso de passageiro

Exceder o número permitido de transporte de passageiros também é uma das infrações mais cometidas pelos brasileiros. Além pôr em risco a segurança dos passageiros quem comete essa infração média deve pagar uma multa média de R$130,16.

Multa de trânsito por estacionamento irregular

Quem estaciona em local proibido paga uma multa de R$130,16

Já quem estaciona o veículo onde é proibido parar e estacionar paga mais caro, a multa é grave e custa R$195,23.

Já a multa para quem estaciona em vagas exclusivas de deficientes ou idosos deve desembolsar R$293,47. A multa é gravíssima com perda de 7 pontos na carteira .

Multa de trânsito por dirigir sem carteira

O valor da multa por dirigir sem habilitação é de R$880,41. Trata-se de uma infração gravíssima e o motorista que for pego dirigindo sem a CNH perde 7 pontos na carteira.

Leia mais sobre infrações gravíssimas no post: Multa gravíssima: Saiba quais são e quanto custam

Multa de trânsito por excesso de velocidade

Há três categorias de multas por excesso de velocidade: média, grave e gravíssima. 

O primeiro grupo é representado por motoristas que transitam com velocidade até 20% superior à permitida na via e trata-se de multa no valor de R$130,16, com perda de 4 pontos na CNH.

A segunda categoria é formada por motoristas infratores que trafegam com velocidade superior a 20% da máxima permitida, a multa considerada grave tem como penalidade a perda de 5 pontos na carteira e multa de R$195,23.

A terceira multa  de trânsito por excesso de velocidade é destinada a motoristas que ultrapassam 50% da velocidade máxima permitida na via. Quem se enquadra nessa categoria deve pagar R$880,40 e perde 7 pontos, além de correr o risco de ter a CNH suspensa.

Uso do celular ao volante

O uso ou manuseio de celular ao volante é considerado multa de trânsito gravíssima e o infrator terá que desembolsar o valor de R$293,47, além de perder 7 pontos na carteira.

Trafegar em faixa exclusiva de ônibus

Transitar na faixa exclusiva de ônibus é proibido pelo Código de Trânsito Brasileiro. 

Há dois tipos de multas de trânsito previstas pelo CTB para quem transita em faixas exclusivas. 

  • Transitar pela faixa exclusiva à esquerda 

Multa grave com valor de R$195,23 e perda de 5 pontos na CNH. 

  • Transitar pela faixa exclusiva à direita

Já quem transita na faixa exclusiva da direita é penalizado com multa leve de R$88,38 leve e perda de 3 pontos na carteira.

Não dar preferência ao pedestre

Não dar preferência a pedestres que já se encontram na faixa preferencial é multa de trânsito gravíssima, no valor de R$293,47 e perda de 7 pontos na carteira.

Ultrapassar o sinal vermelho

Avançar o sinal vermelho seja do semáforo ou da parada obrigatória é multa de trânsito gravíssima no valor de R$297,47 com 7 pontos perdidos na carteira de habilitação.

Agora que você conheceu as multas de trânsito mais comuns cometidas pelos brasileiros leia também os posts abaixo:

Foi multado e não concorda com a notificação? É possível contestar. Saiba como em nosso Manual de como contestar uma notificação indevida.