A seguradora pode recusar fazer meu seguro de carro?

A gente te explica super rápido

Conheça os motivos que podem levar uma seguradora a se recusar fazer o seguro do seu carro.

Compare agora todas as ofertas de Seguro Auto

Encontre o melhor para você!

Chassi remarcado, documentação irregular, idade do carro, não aprovação na vistoria, segurado com carteira suspensa. Entenda quais são os principais motivos de recusa de Seguro Auto.

O seguro do meu carro pode ser negado?

Pode, isso por que as seguradoras têm sempre a prerrogativa de negar o risco. Deixando ainda mais claro, um seguro nada mais é que a proteção contra possíveis eventualidades e por esta razão uma seguradora pode considerar que um determinado veículo corre tantos riscos que não vale a pena o assegurar.

Porém, a negativa precisa vir sempre com uma justificativa. Após enviar para a seguradora todas as informações do carro solicitando um seguro, as empresas têm até 15 dias úteis para retornar com uma negativa. Após esse período, ela não pode mais recusar o seguro do veículo e esta é uma norma da Susep – Superintendência de Seguros Privados. Junto com as informações, o carro deve passar por uma vistoria para que a empresa analise quais são as condições do bem.

Vale lembrar que durante esse período de 15 dias úteis, caso a seguradora ache necessário, ela poderá solicitar documentos adicionais para avaliar a proposta e enquanto você não entrega o que foi pedido, o prazo de aceitação fica suspenso.

Quais são os motivos para a recusa do seguro auto?

Não existe uma norma ou regras definidas que determinem a aceitação ou a negativa de um seguro de carro, mas destacamos quais são os principais motivos declarados pelas seguradoras:

  • veículos que não foram aprovados na vistoria;
  • veículos com mais de 15 anos de uso, pois com o passar do tempo a possibilidade de apresentar defeitos é maior e a reposição de peças é mais cara;
  • veículos que saíram de linha, portanto a reposição de peças pode custar caro ou até mesmo não serem encontradas;
  • veículos que possuem chassi remarcado pois podem ter sido roubados e/ou adulterados;
  • veículos com irregularidade no emplacamento e documentação;
  • veículos importados e de alto valor, já que o custo das peças ou indenizações em caso de roubo ou sinistros podem ser muito elevados.

As seguradoras negam estes e outros exemplos por considerarem que, caso haja um sinistro envolvendo o carro, o valor investido pelo segurado não é suficiente para cobrir os gastos, portanto para elas passa a não ser um negócio lucrativo.

Somente o carro é avaliado?

Além da avaliação do carro em si, o proprietário, juntamente ao seu histórico, também são amplamente avaliados. Listamos alguns exemplos de recusas de um seguro de carro em função do dono:

  • motoristas que tenham muitos históricos de sinistros;
  • pessoas inadimplentes;
  • motoristas com carteira de habilitação suspensa;
  • motoristas com processos administrativos e/ou judiciais por dirigirem embriagados.

Como puderam ver, o estilo de vida é levado totalmente em consideração na hora da avaliação de um seguro de carro.

Negligências que hoje não parecem ter importância podem custar mais caro lá na frente.

Já contratou seu Seguro Auto? Na Compara você encontra as melhores opções de seguro para seu perfil e pode comparar coberturas, preços e franquia de todas as companhias do mercado. Faça uma simulação agora!

Compare agora todas as ofertas de Seguro Auto

Encontre o melhor para você!

Larissa Ferreira
ESPECIALISTAS DA COMPARA
Criado: 06/06/2018 Atualizado: 21/10/2019

Fale com a gente: 0800 878 4095

Atendimento de 2ª à 6ª das 9h às 18h (exceto feriados nacionais)

Centro de Ajuda

Pague com:

Visa
MasterCard
Dinners
American Express
PagSeguro

Graças a vocês, somos tricampeões (2016, 2017 e 2018) do Prêmio Época ReclameAQUI! Saiba mais.

Secure site
® 2019 ComparaOnline.com é uma marca registrada de Compara Online S.A.
Compara Administradora e Corretora de Seguros LTDA - SUSEP 10.2016991.4 - CNPJ 10.575.644/0001-61
Compara Online Serviços de Informática LTDA - CNPJ 15.470.344/0001-31
Rua Pequetita, 111 - 1º andar - Vila Olímpia. CEP 04552-060. São Paulo/SP