Carro blindado: quais são as vantagens e desvantagens?5 min read
Avalie esse post

Quanto custa blindar um carro? Vale a pena? Confira o valor, as vantagens e desvantagens dos carros blindados!

O crescente número de assaltos e a escalada da violência têm motivado a busca de proteção, sobretudo no setor automobilístico. Para resguardar seus veículos, alguns proprietários contratam seguros e instalam rastreadores; outros decidem ir além e recorrem aos carros blindados.

De acordo com os dados da Abrablin (Associação Brasileira de Blindagem), o Brasil lidera o número de contratações de blindagem de carros. Quem opta por esse tipo de proteção precisa ficar atento às suas vantagens e desvantagens, bem como avaliar os custos envolvidos. Então, quer saber se vale a pena ter um blindado? Continue lendo e confira!

Como é feita a blindagem de carros?

Os carros blindados recebem dois tipos de tecnologia: a transparente, nos vidros, e a opaca, na lataria. Para isso, o carro é desmontado — exceto o câmbio, o motor e o painel — para receber as camadas que oferecerão proteção balística.

Na tecnologia transparente, são instaladas cerca de 3 camadas de vidro e uma de acrílico. Elas são afixadas em altas temperaturas e com o auxílio de cola especial. Já a lataria do carro recebe até 12 camadas de aramida (aço inox laminado a frio combinado com tecido). Após a contratação do serviço, o procedimento demora cerca de 45 dias.

Vale lembrar que existem pré-requisitos para ter um carro blindado. O veículo precisa ter potência suficiente (no mínimo, um motor 1.6) e lataria compatível com a instalação das placas. Devido a essas características, os modelos mais escolhidos costumam ser as pick-ups e os sedans. Além disso, é necessária uma autorização do exército e a regularização do carro junto à Polícia Civil.

Quais são as vantagens de um carro blindado?

De fato, o principal benefício é a segurança. Um veículo blindado é resistente a tiros e explosões, logo, seus ocupantes estarão protegidos nos casos de assaltos e outras situações onde há disparos ou impactos contra o veículo. Além disso, há um melhor isolamento acústico.

E as desvantagens?

Alterar as características originais do carro causa algumas consequências indesejadas, como o aumento do seu peso em, aproximadamente, 170 quilos. Isso traz certas desvantagens:

  • aumento do consumo de combustível e queda de rendimento — quanto mais pesado for o carro, maior será o esforço do motor;
  • maior custo de manutenção — o peso extra pode provocar desalinhamento e desbalanceamento das rodas e suspensão. Também, os vidros demandam revisões e ajustes, e outros componentes (como os pneus) sofrem mais desgaste;
  • manutenção da blindagem — periodicamente, será necessário revisar o sistema de proteção. Sobretudo, lubrificar as canaletas, ajustar as máquinas de vidros e forração, bem como verificar os nivelamentos;
  • seguro mais caro — blindar o carro é um investimento que eleva o valor do automóvel e traz a necessidade de mão de obra especializada no caso de sinistro. Com isso, o preço do seguro pode encarecer em 40%.

Quanto custa um carro blindado?

O custo da blindagem é determinado por alguns fatores, como modelo do veículo e a empresa escolhida, mas também varia de acordo com o nível de blindagem, que é determinado pelo grau de resistência balística. Atualmente, existem os níveis I, II, IIA, IIIA e III (que é de uso restrito e requer autorização especial do Exército).

Para ilustrar, confira alguns valores:

  • a blindagem mais utilizada no Brasil (IIIA) custa, em média, R$47.000;
  • os carros blindados de menor custo são as pick-ups, cujo valor se aproxima dos R$41.000;
  • os sedãs (Civic, Corolla e Jetta) demandam investimentos entre R$42 e 45.000;
  • blindar um SUV sai na faixa de R$48.000;
  • para os modelos de luxo, o valor pode chegar a R$75.000 — preço estimado para blindar uma Porsche Cayenne.

Enfim, os carros blindados têm suas vantagens e desvantagens. Então, para saber se valem mesmo a pena, o recomendável é verificar a disponibilidade financeira e o quão disposto a investir em segurança você está. Com certeza, nossas dicas lhe ajudarão nisso!

Gostou da leitura? Então, que tal assinar a nossa newsletter? Assim, você terá acesso aos nossos melhores conteúdos!

Inscreva-se em nossa newsletter