Seguro Auto

Primeiro carro: 5 dicas para economizar na compra

comprar o primeiro carro
0

Comprar o primeiro carro é daquelas realizações que vamos nos lembrar pra sempre. O gosto do brasileiro por carros é enorme e comprovado por pesquisa que aponta a compra dos veículos como o nosso 2º maior sonho de consumo, perdendo apenas para viajar. Se você está pensando e se planejando para realizar esse sonho pela 1ª vez, nós te ajudamos com algumas dicas essenciais.

1. Como pago meu primeiro carro?

Estamos vivendo um período de instabilidade econômica, portanto quanto menos você puder comprometer a sua renda para comprar o primeiro carro, melhor. Esse será apenas o 1º de vários outros carros, dê um passo de cada vez.  Não assuma uma parcela maior do que consegue pagar para que o sonho não se transforme em um pesadelo no final do mês.  

 

Vai fazer financiamento? Cuidado com os altos juros! Quanto maior a entrada você der na hora de comprar seu primeiro carro, melhor. O seguro de proteção financeira pode ser uma boa opção para ajudar em casos de imprevistos. No post 3 dicas para comprar o primeiro carro sem comprometer o orçamento, a gente te explica que quando o carro é financiado em muitas parcelas, seu valor total pode ser até 50% maior, ao fim do pagamento.

 

Segundo economistas, o ideal é dispor de um valor grande para entrada, ou até mesmo comprar o automóvel à vista. E, claro, outra opção para quem quer comprar o primeiro carro é recorrer a um Consórcio de Automóveis, no qual você não paga juros mas pode demorar mais tempo para adquirir seu primeiro carro.

 

Quer mais dicas de como comprar o primeiro carro? Leia 4 perguntas antes de comprar o primeiro carro

 

2. Contabilize todos os gastos que terá com o primeiro carro

 

Parcela + gasolina + IPVA + DPVAT (seguro obrigatório) + licenciamento + seguro auto + manutenções + estacionamentos + outros = os seus gastos com o seu carro.

Um grande erro ao comprar o primeiro carro é considerar somente o valor da parcela e depois ficar endividado pois as contas não fecham. No post Afinal: quanto custa manter um carro a gente explica que mesmo parado ou com pouco uso, um carro “custa” dinheiro. Ponha todos estes gastos em uma planilha para que estes custos extras não sejam uma novidade para o seu orçamento. Antes de bater o martelo orce qual será o seu custo total com o carro e veja se consegue e quer fazer este investimento agora. Às vezes vale a pena esperar mais um pouquinho e dar uma entrada maior mais pra frente.

 

IPVA: guia de como pagar o imposto

Manual completo: IPVA e DPVAT

 

3. Avalie se é melhor ter um carro novo ou usado

O carro zero tem garantia e menor probabilidade de problemas mecânicos mas pode ser um investimento muito alto para um primeiro carro, onde costumamos causar alguns danos devido a falta de experiência. No post Meu carro novo: vale a pena ter carro zero a gente fala dos prós e contras de comprar um carro zero. Antes tomar sua decisão tenha em conta que os veículo sofrem maior depreciação de mercado nos três primeiros anos de vida.

 

Já um carro usado é mais completo, tem um valor menor para investimento, não sofrerá tanto com os nossos aprendizados mas é um carro que tem um passado que precisa ser avaliado.  Aqui nós te contamos dicas importantes na hora de escolher um carro usado. Pesquise! Não compre por impulso e não seja seduzido por promessas que parecem boas demais para ser verdade.  Visite várias concessionárias, compare os valores na internet e peça ajuda a pessoas mais experientes antes de comprar o primeiro carro.

 

Leia mais: 

Meu primeiro carro: medos e conquistas de quem dirige sozinha

Meu carro novo: vale a pena ter carro zero?

 

4. Não escolha o modelo do seu primeiro carro por impulso

 

Como escolher o primeiro carro? Este provavelmente será o item em que você irá gastar mais tempo, afinal o mercado hoje oferece uma infinidade de modelos e possibilidades. Além disso, é importante que você tenha claro quais são os seus objetivos e demandas com o carro.

 

Avalie itens como:

 

– Será um carro para andar mais na cidade ou em estradas?

 

– Preciso carregar muitas ou poucas coisas, ou seja, preciso de um carro com porta-malas grande ou pequeno?

 

– Qual o custo de manutenção? As peças são fáceis de serem repostas?

 

– Ele tem uma desvalorização maior que o normal na revenda?

 

– Qual o consumo de combustível?

 

– Qual a potência do motor você precisa? A sua cidade é plana ou cheia de morros?

Algumas das respostas vêm das suas necessidades e para as outras é importante que você esgote todas as possibilidades pesquisando nas concessionárias, lendo opiniões de pessoas que já compraram os carros e conversando com amigos que tenham os modelos pelos quais você se interessa.

 

5. Como economizar no seguro do meu primeiro carro

 

Infelizmente não conseguimos prever e evitar as eventualidades e por isto é muito importante que você contrate um seguro assim que comprar o primeiro carro. Antes de comprar o primeiro carro faça uma simulação de quanto pode custar o seguro no nosso simulador!

 

Diferente do seguro DPVAT, um seguro privado irá cobrir despesas de indenização de bens materiais causados por roubos, batidas ou fenômenos naturais, dentre vários outros.  Neste post te contamos em detalhes quais são as diferenças de cada um.

 

Com este post você irá entender  quais são as coberturas básicas e opcionais de um seguro  e nestes outros você pode se familiarizar com termos  deste novo universo como o prêmio e o bônus.

 

Gostou das nossas dicas? Então compartilhe com os seus amigos e acompanhe o nosso blog.

 

 

Talvez você também goste
carro roda cromada
Cuidados necessários para carros com rodas cromadas
Seguro de responsabilidade civil facultativa