Cartão de Crédito

Por |2018-09-22T21:19:53+00:0020 / set / 2018|
5 dicas de controle de gastos para não se endividar5 min read
5 (100%) 1 voto

Alcançar uma boa estabilidade financeira, reduzir gastos desnecessários e ter menos preocupações com dívidas que comprometem o seu salário. A princípio, pode parecer bastante coisa, é verdade, mas tudo isso é, sim, possível quando você adota e segue à risca um controle de gastos eficiente na sua rotina.

Ficou curioso para saber mais a respeito e, em especial, como colocar isso em prática para dar adeus ao orçamento apertado que o impede de ter uma vida mais tranquila e proveitosa? Então acompanhe este post até o fim!

1. Acompanhe de perto as suas despesas e receitas

A primeira dica  para controlar seus gastos é bem simples: comece já a acompanhar de perto as suas receitas e, principalmente, as suas despesas, seja por meio de aplicativos para o celular, planilhas ou bloco de anotações. Fica ao seu critério.

Isso porque, se você recebe o seu salário, mas não monitora as contas que paga nem os gastos que tem na rotina (com alimentação, transporte, lazer etc.), dificilmente saberá onde está indo parar o seu dinheiro ou mesmo como manter o orçamento mensal em dia.

2. Compare os preços antes de comprar algo

Não importa se você vai comprar comida, roupas ou medicamentos: sempre compare os preços! Essa é uma medida simples de controle de gastos e fácil de colocar em prática que pode livrá-lo de um mau negócio e, de quebra, ajudá-lo a economizar (e muito).

O mesmo vale caso pretenda adquirir um seguro, um cartão de crédito ou um empréstimo, mas não tem certeza sobre qual oferece o melhor custo-benefício, especialmente a longo prazo.

Aliás, uma boa sugestão é usar o buscador de seguros e créditos da ComparaOnline que faz esse trabalho por você e garante que a sua escolha seja a mais acertada!

3. Compre apenas o necessário

Outra dica importante para manter o controle de gastos é adquirir apenas o necessário quando for, por exemplo, ao supermercado. Afinal, quem nunca foi até ele para comprar apenas uma coisa e voltou com a sacola cheia, não é mesmo?

O problema é que quando esse costume se torna frequente, você gasta muito mais do que deve e, na grande maioria das vezes, acaba levando itens de que nem precisa.

Portanto, para evitar isso, faça lista do que é necessário obter antes de sair de casa. Assim, você passa menos tempo no estabelecimento e fica menos suscetível às tentações nas gôndolas e prateleiras.

4. Viva de acordo com seu padrão de vida

Procure viver de acordo com seu padrão de vida e não se deixe levar pela mania de muitas pessoas de quererem ostentar o que não possuem.

Entenda que, se você tem uma renda mensal de R$ 2.000,00, por exemplo, não pode gastar como se ganhasse R$ 5.000,00. Esse descontrole com o dinheiro só vai gerar dívidas, que vão crescer como uma bola de neve e, infelizmente, deixar o seu nome sujo.

5. Faça metas realistas para alcançar seus objetivos

Tem vontade de trocar de carrocomprar uma casa nova ou fazer uma viagem ao exterior? Então trace metas realistas para realizar os seus sonhos. Ou seja, não se deixe levar pela ansiedade e tentar, como diz o ditado, colocar a carroça na frente dos bois, pois é possível que a sua renda fique comprometida e você acabe endividado.

O ideal é definir prazos para a concretização desses objetivos, estabelecer a quantia necessária e planejar estratégias para poupar esse montante, como aplicar a sua reserva financeira em investimentos que façam o seu dinheiro render mais rápido.

Como você viu, seguindo algumas dicas simples, é possível fazer um controle de gastos que pode pôr fim às suas despesas e dívidas desnecessárias e garantir uma melhor organização financeira!

Aproveite também e confira dicas exclusivas para diminuir os gastos familiares!

Inscreva-se em nossa newsletter

Talvez você também goste