Saiba neste post as diferenças entre o pneu radial e pneu convencional para que você não erre na sua próxima compra. Acompanhe!

O que é o pneu radial e quais são os seus diferenciais?

Antes do lançamento do pneu radial, o modelo mais comum no mercado era o diagonal, também conhecido hoje como pneu convencional. Esse modelo é construído por lonas de fibras têxteis colocadas umas sobre as outras no sentido diagonal.

Em 1946, a Michelin lançou o pneu radial. Essa foi uma tecnologia totalmente inovadora, por ser fabricada com uma única lona em vez das várias fibras têxteis usadas no diagonal. Utiliza uma malha de fios de aço, que são colocados na carcaça no sentido radial, razão de seu nome.

Em termos de avanços, o pneu radial apresentou o fato de não haver fricção entre as lonas da composição (o que ocorria com o convencional) quando o veículo está em movimento, por isso há menor desgaste. Também não há modificação no formato do pneu quando ele está parado, o que podia acontecer no caso do pneu convencional. Outros avanços do pneu radial são a maior resistência a furos, maior estabilidade e, consequentemente, redução do risco de acidentes.

Quais as vantagens do pneu radial?

A maneira como o pneu radial foi projetado oferece várias vantagens para os veículos e para os seus usuários.

Consumo de combustível

Como não há fricção nas lonas, o atrito interno e o externo são menores, o que gera economia de combustível e, certamente, trará vantagens tanto para o bolso dos proprietários de veículos quanto para o meio ambiente. Para isso, o pneu deve estar devidamente calibrado, ou seja, a pressão interna não deve estar para mais ou para menos.

Produtividade

Os desenhos internos e externos possibilitam ao pneu radial transmitir maior tração para as rodas do veículo. Esse é um benefício que traz produtividade nas viagens tanto para os automóveis quanto para os veículos de carga, além de melhorar a produção até mesmo das máquinas agrícolas.

Conforto

Este tipo de pneu diminui os impactos do veiculo com a pista, o que proporciona aos passageiros uma viagem suave e silenciosa.

Segurança

O pneu radial oferece maior estabilidade para os veículos e apresenta maior resistência a furos devido à cintura de aço presente na sua carcaça, trazendo segurança e redução de acidentes.

Quando o pneu radial é recomendado?

O pneu radial é sempre o mais recomendado. Ele pode e deve ser utilizado em qualquer tipo de veículo, sejam os automóveis, os caminhões, as carretas, as motocicletas e as máquinas agrícolas. Nessas últimas, os modelos criados para agricultura provocam menor compactação do solo, protegendo contra o aparecimento de erosões.

Portanto, o pneu radial só apresenta vantagens quando comparado com o convencional. Ele é mais caro, mas os benefícios superam o custo. Então, quando for adquirir esse item, que é um dos mais importantes para os veículos, não tenha dúvida e escolha o melhor.

Fica ainda uma última dica: preste atenção nas medidas de largura e altura do perfil do seu pneu, pois as dimensões maiores que o recomendado nem sempre trazem vantagem e, ao contrário, podem prejudicar seu automóvel.

Achou o assunto interessante? Você sabia que alguns tipos de seguro auto oferecem a assistência para troca de pneus? Veja aqui as principais ofertas de seguro de carro: compare assistências, coberturas, preços e companhias.

Leia também: