Seguro bagagem: para que serve e como funciona

O seguro bagagem garante a indenização em caso de extravio das malas nos voos nacionais e internacionais. Saiba mais aqui, no blog da ComparaOnline!

Elisa Matos
Elisa Matos
28 de dezembro 20224 min de leitura
seguro bagagem

Um dos problemas enfrentados por muitos viajantes é o extravio de bagagem, que pode atrapalhar os dias de descanso. Para a resolução ser menos conflituosa e mais rápida e eficiente, o seguro bagagem pode ser solução.

Índice


    1. 1. Para que serve o seguro bagagem?
    1. 2. Como ele funciona?
    1. 3. O que o Seguro Bagagem cobre?
    1. 4. O que pode complementar o seguro bagagem?
    1. 5. Como proteger a bagagem?
    1. 6. Tenha segurança na viagem com a ComparaOnline

Procurando por um seguro viagem?

Compare ofertas das maiores empresas do mercado.

Cotar meu seguro

Esse é um dos serviços que as assistências de viagem cobrem e recomendam para que o passeio não seja afetado logo na chegada ao país, cidade ou estado de destino. Se você não sabe como funciona o seguro viagem nesse caso, não se preocupe, pois a ComparaOnline esclarece todas as suas dúvidas!

No geral, o seguro viagem oferece outras coberturas, além da ajuda no caso de perda das malas, como auxílio em emergências médicas, cancelamento de viagem e voo e outros imprevistos. Por isso, o seguro bagagem está incluso em planos completos, que garantem ampla proteção aos passageiros.

Para que serve o seguro bagagem?

O seguro bagagem internacional e nacional é utilizado como suporte quando as malas são perdidas ou atrasam para chegar ao aeroporto após o voo. Mesmo que ele seja acionado pela seguradora, é essencial que o passageiro informe a companhia aérea, que se compromete em encontrar e devolver os itens. 

A empresa responsável pelo voo solicita o comprovante de despacho das malas e o endereço de hospedagem para os pertences serem entregues no local correto. Segundo a resolução 400 da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), o prazo é de 7 dias para localizar as bagagens de voos nacionais e 21 para viagens internacionais. 

Caso elas não sejam encontradas, um reembolso deve ser feito como indenização em até 7 dias. O valor limite equivale a 1.131 DES (Depósito Especial de Saque), em torno de R$ 8.000, que pode ser superior, se houver uma declaração especial de valor que indica um bem mais caro na mala perdida.

Durante o período de espera do ressarcimento, o viajante conta com o seguro bagagem para receber uma determinada quantia. Assim, ele consegue comprar outras roupas e sapatos, caso esteja fora do país de origem ou até mesmo no território nacional. 

Posso Comprar o Seguro Bagagem para Viagens Domésticas?

Embora o seguro de bagagem seja frequentemente associado a viagens internacionais, algumas apólices também oferecem cobertura para viagens domésticas. É recomendável verificar com a seguradora para obter detalhes específicos.

Como ele funciona?

O seguro de bagagem extraviada é acionado pelo contratante, diretamente com a seguradora, de forma separada ao processo de indenização da companhia aérea. Ela se compromete a pagar um valor de indenização conforme o plano contratado. 

Em planos nacionais, o seguro cobre a partir de R$ 1.500. Nos internacionais, os valores são mais flexíveis e começam em US$ 350 e € 600. A conversão depende da cotação da moeda (dólar ou euro) usada no país e indicada no contrato. 

Por isso, na hora de selecionar o plano, o ideal é pensar em uma quantia suficiente para cobrir os pertences perdidos e evitar prejuízos. Quanto maior a cobertura, maior o preço diário a ser pago, que também depende dos demais serviços, como assistência médica e odontológica. 

Como a proteção contra extravio está inclusa em planos mais abrangentes, geralmente, não é possível contratar um seguro apenas para bagagem. Apesar de ser algo procurado de forma individual, a relação custo-benefício é superior quando há outros serviços em um único pacote. 

O que o Seguro Bagagem cobre?

O Seguro Bagagem geralmente cobre os seguintes cenários:

  • Perda de Bagagem: Se sua bagagem desaparecer durante a viagem, o seguro irá reembolsá-lo pelo valor dos itens perdidos, até o limite da apólice.
  • Atraso de Bagagem: Se sua bagagem for atrasada pela companhia aérea, a apólice pode reembolsá-lo por itens essenciais que você precisa enquanto espera pela bagagem.
  • Danos à Bagagem: Se sua bagagem for danificada durante o transporte, você pode registrar uma reclamação para cobrir os custos de reparo ou substituição.
  • Roubo: Em caso de roubo de seus pertences durante a viagem, o Seguro Bagagem pode oferecer compensação pelos itens roubados.

O que pode complementar o seguro bagagem?

Além da perda da mala, outros imprevistos podem surgir quando menos se espera. Então, os viajantes mais experientes indicam a contratação de um seguro completo, com coberturas e reembolsos para despesas médicas, como atendimentos a doenças crônicas e urgências.

Ainda, o seguro viagem para bagagem é contratado com outras medidas voltadas para a saúde e a vida do passageiro, desde as despesas básicas até as mais delicadas e complexas. A repatriação sanitária e funerária estão presentes em todos os planos, garantindo o retorno adequado para cada caso especial. 

Cada seguradora ainda disponibiliza serviços adicionais, que aumentam o preço do plano, mas o personalizam segundo as diferentes necessidades do viajante. Alguns deles abrangem: cancelamento e atraso de voo, proteção de objetos de valor na mala, despesas farmacêuticas e fisioterapia.

Todos os itens extras devem ser consultados anteriormente com a seguradora, evitando desentendimentos e alinhando a cotação. Isso porque nem sempre as empresas oferecem as mesmas coberturas e os preços semelhantes. 

Como proteger a bagagem?

Além de contratar o seguro bagagem, você pode proteger suas malas para elas chegarem ao destino em segurança. A primeira dica é manter os pertences de alto valor e os documentos na bagagem de mão, que não é despachada e acompanha o viajante durante todo o voo. 

A segunda recomendação é preencher a Declaração Especial de Valor (DES) no balcão da companhia aérea. Isso deve ser feito com antecedência de 2h da partida dos voos nacionais e 4h dos internacionais, no mínimo. Para isso, é importante apresentar as notas fiscais que comprovem os valores.

Outra sugestão é proteger a mala contra os impactos da esteira e do próprio bagageiro. Ainda que as companhias aéreas possam ser notificadas sobre os danos, muitos passageiros optam por envelopar as bagagens com filme plástico em casa ou pagar o serviço no aeroporto. 

Tenha segurança na viagem com a ComparaOnline

Se você quer evitar dores de cabeça e contar com o seguro bagagem, faça uma cotação com a ComparaOnline. Além de apresentar as dicas de conteúdos sobre viagem, te ajudamos a comparar os preços dos melhores seguros para os seus passeios serem mais tranquilos!


Elisa Matos
Autor

Elisa Matos

Eu sou formada em Jornalismo e tenho especialização em Marketing Digital. Escrevo sobre produtos financeiros, seguros e viagens. Já morei em 9 cidades do Brasil e amo viajar o mundo. Minha missão é escrever com simplicidade para tornar a vida das pessoas mais fácil.

Procurando por um seguro viagem?

Compare ofertas das maiores empresas do mercado.

Cotar meu seguro