Certamente, o motor é o principal componente do veículo. Sua função é transformar a energia térmica, produto da combustão, em energia mecânica. Entretanto, isso não significa que eles são todos iguais. Além de diversas arquiteturas e cilindradas, existem diferenças entre o motor aspirado e o motor turbo.

Confira a seguir como funciona o motor aspirado, quais são as suas vantagens e desvantagens!

1. Como funciona o motor aspirado

O motor aspirado é aquele que funciona sem nenhum tipo de dispositivo auxiliar de aumento de potência, como compressor ou turbo. Nele, o ar é aspirado pelo movimento descendente do pistão. Com isso, cria-se no interior da câmara de combustão (cilindro) uma pressão inferior à pressão atmosférica.

Nesse tipo de motor, o acionamento das válvulas e a combustão necessária ao deslocamento do veículo depende, basicamente, da quantidade de ar e de combustível que ingressa no cilindro. O motor aspirado oferece ao condutor a progressão de desempenho contínua e a sensação de uniformidade na direção. No caso do motor turbo, o processo é um pouco diferente. Entenda melhor!

2. Diferenças entre motor aspirado e motor turbo

Como você viu, o motor aspirado suga o ar a partir do deslocamento do pistão. O motor turbo, por sua vez, utiliza os gases do escapamento para movimentar a turbina e aumentar a pressurização do sistema. No carro turbo, o ingresso de ar no motor ocorre tanto pela aspiração quanto pela turbina, já que o componente transforma os gases em pressão positiva.

Outra diferença diz respeito à potência. Devido à ampliação da eficiência volumétrica e ao aumento da admissão de ar (já comprimido pela turbina), o motor turbo é mais potente, ou seja, um carro que sai de fábrica turbinado é mais potente do que aquele de igual cilindrada com motor aspirado.

O motor turbo oferece ao motorista a sensação de uniformidade até o tempo de acionamento da turbina (“turbo lag”). A partir daí, será possível experimentar um ganho significativo de potência. Geralmente, carros que dispõem de alta tecnologia e controle eletrônico de pressão eliminam o “turbo lag”, o que proporciona progressão uniforme de desempenho.

3. Vantagens do motor aspirado

Apesar de o motor aspirado ter potência inferior ao turbinado, ele apresenta alguns benefícios. São eles:

  • custo reduzido de produção e manutenção;
  • ocorrência menor de defeito;
  • possibilidade de acrescentar um pouco de potência sem grandes alterações (ampliação do sistema de escape e instalação de filtro esportivo);
  • rapidez de resposta durante o acionamento da sobrepotência;
  • som “limpo”.

4. Desvantagens do motor aspirado

Embora o motor aspirado seja o mais utilizado pelas montadoras, ele apresenta algumas desvantagens. Entre elas estão:

  • consumo de combustível maior em comparação ao motor turbo;
  • aumentos significativos de desempenho necessitam de preparação específica;
  • motores aspirados que receberam o kit turbo podem perder torque em baixas rotações e apresentar oscilação na marcha lenta.

Agora você já sabe o que é o motor aspirado, como funciona e quais vantagens e desvantagens apresenta. Vale lembrar que escolher corretamente o motor é fundamental para garantir o custo-benefício e o desempenho desejado. Antes de adquirir um veículo, avalie com cautela suas necessidades, afinal, o motor é um dos fatores que determinam o valor do automóvel.

Quer saber mais sobre motor aspirado e conferir outras dicas sobre carros? Siga nossa página nas redes sociais. Estamos no Facebook, Twitter e Linkedin!