Qual a diferença entre perda parcial e perda total do veículo?

A gente te explica super rápido

Saiba qual é a diferença entre perda parcial e perda total aqui.

Compare agora todas as ofertas de Seguro Auto

Encontre o melhor para você!

Existem 2 tipos de danos ao veículo que são bem conhecidos: a perda parcial e a perda total. No entanto, são poucas as pessoas que sabem diferenciá-las e que conhecem os parâmetros que as seguradoras utilizam para efetuar a indenização em cada um destes casos. Saiba tudo sobre o tema aqui!

Para entender melhor sobre perda parcial e total de um veículo, precisamos ter bem claro o significado de outra palavrinha bem utilizada pelas seguradoras, o sinistro.

O que é sinistro de um veículo?

O sinistro é qualquer tipo de incidente que causa dano ou prejuízo ao seu carro, em que a seguradora precise ser acionada para solucionar o problema. Após avaliar os danos, a seguradora os classifica como perda parcial ou total.

Quando a seguradora classifica o sinistro como Perda Parcial?

Quando após o acidente ainda é possível consertar o veículo e quando este valor é inferior a 75% do valor do carro. Neste caso, haverá indenização parcial, ou seja, o seguro irá pagar apenas aquela parte do valor do conserto que excede o valor da sua franquia.

O que é Franquia?

É um valor obrigatório que o seguro cobra para consertar o seu carro em caso de perda parcial. Ao contratar o seguro, você determina o valor que está disposto a pagar de franquia. Exemplo:

  • Vamos supor que o valor que você definiu na sua franquia seja de R$ 1.000 e o conserto do seu carro vai ficar em R$ 5.000.
  • Isso quer dizer que você paga R$ 1.000 e a seguradora, R$ 4.000.

Segundo o Procon, você tem o direito de escolher onde quer consertar o seu carro, porém, é comum que algumas seguradoras coloquem no contrato que o conserto só deve ser feito nas oficinas credenciadas. Por isso, é sempre bom informar-se sobre o todos os detalhes do Seguro Auto antes de comprar. Na Compara você fica por dentro de tudo para fazer uma compra consciente.

E quando é que a seguradora define que meu sinistro foi de Perda Total?

Em duas situações:

  1. Se roubarem o seu carro e ele não for encontrado;

  2. Se acontecer um acidente que estrague o carro a ponto de não ter mais recuperação. Esse prejuízo é igual ou superior a 75% do valor do veículo.

Exemplo:

  • Seu carro sofreu uma colisão e o conserto ficou em R$ 15.000.
  • Para saber se foi perda total, você precisa ver quanto vale o seu carro na Tabela FIPE.
  • Se ele vale R$ 50.000, essa perda foi parcial, já que o valor do conserto representa apenas 30% do valor do carro.
  • Agora, se o conserto ficou em R$ 40.000, você teve uma perda total porque esse valor corresponde a 80% do valor do veículo.

Preciso pagar franquia quando há perda total?

Não. Nesse caso você receberá uma indenização da seguradora que será o valor de mercado do seu carro de acordo com a tabela FIPE, ou seja, ela é obrigada a devolver o valor do seu carro sem que você tenha que pagar nada por isso. Mas lembre-se: para ser classificado como perda total o valor do conserto deve ser igual ou superior a 75% do valor do veículo.

Existe algum outro sinistro que eu não precise pagar franquia?

Sim. Você não paga a franquia quando aciona o seguro para consertar o carro de outra pessoa envolvida no sinistro. Mas fique atento: isso só é possível quando o valor do conserto não é superior ao que vem mencionado no seu contrato para este tipo de cobertura.

Por isso é tão importante a escolha de um bom Seguro Auto. Para encontrar o seguro mais conveniente e com melhor preço, compare os preços e benefícios de cada seguradora usando nosso comparador.

Compare agora todas as ofertas de Seguro Auto

Encontre o melhor para você!

ESPECIALISTAS DA COMPARA
Criado: 06/06/2018 Atualizado: 11/10/2019

Fale com a gente: 0800 025 5068

Atendimento de 2ª à 6ª das 9h às 18h (exceto feriados nacionais)

Centro de Ajuda

Pague com:

Visa
MasterCard
Dinners
American Express
PagSeguro

Graças a vocês, somos tricampeões (2016, 2017 e 2018) do Prêmio Época ReclameAQUI! Saiba mais.

Secure site
® 2019 ComparaOnline.com é uma marca registrada de Compara Online S.A.
Compara Administradora e Corretora de Seguros LTDA - SUSEP 10.2016991.4 - CNPJ 10.575.644/0001-61
Compara Online Serviços de Informática LTDA - CNPJ 15.470.344/0001-31
Rua Pequetita, 111 - 1º andar - Vila Olímpia. CEP 04552-060. São Paulo/SP