Você sabia que é possível parcelar multas de trânsito?

Isso mesmo! Em outubro de 2017, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran), por meio da Resolução 697, autorizou o parcelamento de multas nos cartões de crédito e débito com o objetivo de facilitar o pagamento e, consequentemente, diminuir a inadimplência.

Por isso, neste artigo, você vai aprender como solicitar o parcelamento, conhecer os locais onde ele pode ser feito e em quais casos não é permitido. 

Ah, e ao final do texto nós vamos te ensinar a consultar as suas multas sem sair de casa.

Continue a leitura!

Como fazer o parcelamento de multas de trânsito

Solicitar o parcelamento das multas de trânsito é um processo simples. Basta o motorista ir à unidade do Detran da sua cidade e apresentar os seguintes documentos para a negociação:

  • Cartão de crédito;
  • Documento pessoal que comprove a titularidade do cartão;
  • Número do Renavam do veículo.

A forma como as parcelas serão cobradas é feita de acordo com o método de pagamento escolhido pelo motorista, podendo ser na fatura do cartão de crédito, no débito em conta ou por boleto bancário.

Com isso, vale ressaltar que a quantidade de parcelas e o valor mínimo a ser pago depende de cada órgão, pois não há uma regra comum a todos.

No entanto, há alguns casos em que não se pode fazer o parcelamento de multas via cartão. São eles:

  • Multas vencidas que estão na dívida ativa;
  • Automóveis registrados em outros estados;
  • Multas aplicadas por órgãos que não autorizam o parcelamento;
  • Outros parcelamentos em processo de cobrança extrajudicial.

Onde solicitar o parcelamento das multas

É importante saber que ainda não são todos os estados que permitem o parcelamento, mas você pode consultar abaixo os locais que já disponibilizam essa nova forma de pagamento.

Como consultar multas de trânsito online

Antes de realizar o parcelamento de multas, você precisa saber quais são as suas infrações e quanto elas irão te custar.

Para isso, basta acessar o site do Detran e consultá-las.

A consulta das multas varia de acordo com o site do Detran de cada estado, mas basicamente ela se resume em quatro passos:

  • Acesse o site do Detran da sua região (clique no nome do seu estado acima para ser direcionado ao site);
  • Procure por Consulta de Infrações na página de serviços;
  • Insira os dados solicitados do veículo – Renavam e/ou placa;
  • Clique em Verifique a Situação” (multas, IPVA, etc.)

Se houver infrações, elas vão aparecer no relatório gerado pela consulta e, caso não esteja de acordo com algumas delas, você tem o direito de contestar a notificação indevida.

Quer saber mais sobre multas? Acesse o nosso blog e baixe o Guia completo sobre multas de trânsito.