< Volver a Viagem

Seguro Viagem Nacional: como funciona e porque contratar

Vamos explicar melhor como funciona o Seguro Viagem Nacional e quais são suas vantagens. Aposto que você não vai mais querer viajar sem um Seguro!

Imagem de David Mark por Pixabay

Escrito por Elisa Batista

A cada dia que passa, o brasileiro fica mais consciente da importância de contratar um Seguro Viagem. Porém a busca pelo serviço ainda é bastante concentrada em coberturas internacionais, talvez por falta de interesse, ou até mesmo por não saber ao certo como funciona e quais os benefícios de contratar um Seguro Viagem Nacional. 

Por conta disso, nós elaboramos um artigo para você conhecer essa modalidade, o que ela cobre e seus principais diferenciais. Você vai entender as vantagens de viajar protegido, mesmo estando dentro do Brasil. Depois de ler este artigo, tenho certeza que você não vai mais querer viajar sem um Seguro Viagem Nacional.  Vamos lá?

O que é Seguro Viagem

Antes de mais nada, você sabe o que é um Seguro Viagem e para que ele serve? Esse tipo de seguro cobre problemas pessoais durante uma viagem. Isso inclui despesas médicas, hospitalares e odontológicas de urgência e emergência, bem como contratempos com a própria viagem, a exemplo de atrasos e cancelamentos de voos, extravio de bagagem e retorno antecipado.

O Seguro Viagem pode ser contratado para viagens nacionais ou internacionais, com cobertura para vias aéreas, marítimas ou terrestres. Ele funciona de forma muito parecida para viagens no Brasil ou no exterior, o que vai mudar são as regras de contratação, mas as coberturas são praticamente as mesmas. 

>> Leia sobre Seguro Viagem na nossa página e tenha mais informações sobre as suas coberturas.

Neste artigo, nós vamos explicar melhor como funciona a modalidade nacional e quais são suas vantagens. Acompanhe:

Como funciona o Seguro Viagem Nacional

O Seguro Viagem Nacional serve para ajudar você com problemas imprevistos e urgências médicas, como nós já falamos antes, ele funciona de maneira bem similar ao seguro internacional. As seguradoras arcam com uma parte do valor, ou com todo valor desse imprevisto, evitando que você gaste dinheiro do seu bolso. 

Dentre os planos que possuímos em nosso comparador, nós temos empresas que vão cobrir os seguintes itens:

  • Assistência médica
  • Indenização por perda de bagagem
  • Repatriação sanitária
  • Repatriação funerária
  • Gastos médicos por preexistência
  • Emergências na gravidez
  • Passagem por regresso antecipado
  • Localização de bagagem
  • Compensação por atraso de bagagem
  • Cancelamento de viagem
  • Dias complementares de internação
  • Traslado médico de emergência
  • Assistência médica por acidentes esportivos
  • Seguro de acidentes pessoais
  • Despesas com hotel por convalescença
  • Despesas com hotel
  • Familiar acompanhante
  • Acompanhante em caso de hospitalização prolongada
  • Adiantamento de fianças 
  • Assistência jurídica
  • Assistência por extravio de documentos
  • Transferências de fundos
  • Substituição de executivo
  • Acompanhamento de menores
  • Medicamentos receitados
  • Urgências odontológicas
  • Despesas por voo atrasado 
  • Transmissão de mensagens urgentes

Através do nosso comparador, você poderá analisar quais companhias oferecem quais coberturas. O serviço é gratuito e você só precisa colocar o seu destino como Brasil e preencher alguns dados da sua viagem. Faça uma cotação agora mesmo:

Gostaríamos de reforçar que a maioria das seguradoras possui uma distância mínima exigida entre a cidade de destino da viagem até a sua cidade de residência, para passar a oferecer o serviço. Essa distância geralmente é a partir de 70 km a 100 km. 

Vale à pena contratar um Seguro Viagem Nacional?

Agora que você já sabe o que é e para que serve o Seguro Viagem Nacional, deve estar se perguntando se vale à pena realmente contratar um seguro para destinos dentro do Brasil. Pensando nisso, nós vamos te dar ao menos 3 motivos para contratar esse seguro e aproveitar esse brasilzão com mais tranquilidade: 

1 – Custo benefício excelente

Depois de ler essa extensa lista que nós fizemos de coberturas que um Seguro Viagem Nacional pode atender, você consegue ter noção do grande benefício que ele pode oferecer, né? E o melhor disso tudo é o preço desse serviço. 

Para você ter uma noção de valores, nós fizemos uma cotação de seguro para o Brasil, para uma pessoa de 28 anos, que viajaria por 8 dias. Encontramos ofertas a partir de R$ 33,26 até R$ 108. Como você pode observar esses são preços ótimos para usufruir desses benefícios, e isso sem pesar no orçamento da sua viagem, o que é muito interessante. O custo benefício é excelente. 

2 – Indenização em caso de extravio de bagagem

Se você vai viajar de avião dentro do Brasil, muito provavelmente já conhece o problema mais comum para quem utiliza os aeroportos: o extravio de bagagem.  A mala é considerada extraviada quando é perdida de forma temporária ou definitiva. O Extravio de bagagem é muito corriqueiro e pode acontecer com qualquer um. 

Segundo dados da Abear (Associação Brasileira de Empresas Aéreas), uma média de três bagagens são extraviadas a cada mil passageiros, aproximadamente. Em caso de voos domésticos, a companhia aérea tem até 7 dias para encontrar a sua mala. Agora imagine que você está indo de férias para Porto de Galinhas, Fernando de Noronha, Trancoso e fica sem a sua bagagem por 7 dias? Não dá, né? É para esses casos que o Seguro Viagem possui uma cobertura para Atraso de Bagagem, que libera uma verba emergencial, a partir de 4 horas após a identificação do atraso. 

Existe também a cobertura para o extravio propriamente dito, que se trata de uma indenização. O valor é liberado após o prazo de 7 dias dado pela companhia aérea, que atesta o extravio. Porém, essa é uma indenização maior do que a referente ao atraso da bagagem. Com ela, provavelmente, você poderá comprar de novamente os itens perdidos. Verifique com a companhia contratada como funciona o cálculo para pagamento da indenização, geralmente ele é calculado com base no peso da sua mala. 

>> Leia mais sobre Extravio de bagagem: o que fazer e como acionar o seguro?

3 – Cobertura médica e odontológica

Se o seu plano de saúde não é de abrangência nacional e você vai viajar para outro estado, a cobertura médica e odontológica de emergência é uma solução excelente em casos de acidentes ou doenças. O Seguro Viagem Nacional cobre acidentes e urgências, e muitos deles também podem cobrir gastos médicos com doenças preexistentes que necessitem atendimento emergencial. E mesmo que o seu plano de saúde tenha abrangência nacional, muitas vezes ele possui recursos limitados em algumas cidades, ou pode não ser aceito em todos os hospitais.

A grande vantagem de usufruir desse benefício, claro que além de não gastar dinheiro do seu bolso para ser atendido em um hospital particular, é não depender do atendimento público de saúde, que como sabemos, pode demorar muito. 

Quanto custa um Seguro Viagem Nacional

Fizemos uma cotação no nosso comparador, onde informamos alguns dados sobre a viagem, como data, duração e idade do segurado. Encontramos oito resultados relevantes. O Seguro mais barato custou R$ 33,26  e tinha uma cobertura para assistência médica de R$ 10.000, além de uma indenização por perda de bagagem de R$ 1.500 e inclui despesas com doenças preexistentes. 

O seguro com valor mais alto foi de R$ 108, e possuía coberturas mais robustas. Oferecia R$ 80.000 para assistência médica, indenização de R$ 1.000 para perda de bagagem e também inclui gastos médicos por preexistência. 

Para uma cotação mais precisa, acesse nosso portal com os dados da sua viagem:

E aí? Deu pra perceber todos os benefícios do Seguro Viagem Nacional, né? Eu mesma não viajo mais sem. Como dizia minha avó: “o seguro morreu de velho”. 😉