< Volver a Viagem

Para onde viajar em janeiro

Escrito por Cecilia Alberigi

O primeiro mês do ano é férias para muitos brasileiros, por isso, listamos seis destinos, nacionais e internacionais, para você que está em dúvida sobre onde viajar em janeiro e que vai agradar todo tipo de viajante. Confira!

Para onde viajar em janeiro – Brasil

Foz do Iguaçu

Para onde viajar em janeiro: Foz do Iguaçu

Janeiro é um dos meses mais quentes em Foz e a temperatura fica em torno de 34º, ideal para se refrescar nas Cataratas do Iguaçu, consideradas uma das 7 maravilhas naturais do mundo.

Mas, engana-se quem pensa que as famosas cataratas são o único atrativo do lugar. Foz é uma cidade bastante completa, segura e que oferece diversas atrações, entre elas:

  • Marco das Três Fronteiras

Onde se estabelecem os limites territoriais do Brasil, Paraguai e Argentina por meio de obeliscos, cada um pintado com as cores dos respectivos países.

  • Parque das Aves

Criado em 1994, o Parque das Aves possui 17 hectares de mata nativa e mais de 140 espécies de aves raras tropicais.

O parque também abriga um viveiro de beija-flores e um setor de répteis com jacarés e cobras.

  • Puerto Iguazú

A cidade de Puerto Igazú está localizada na Argentina.

No entanto, sua proximidade com Foz é tão grande que nada impede que você dê uma esticadinha até o outro lado da fronteira para curtir a variedade de bares, restaurantes e cafés que essa charmosa cidade oferece.

Há também uma feirinha onde é possível comprar queijos, azeitonas e os famosos alfajores dos nossos vizinhos.

Chapada Diamantina

Para onde viajar em janeiro: Chapada Diamantina

Considerada uma das mais belas chapadas do Brasil, esse paraíso localizado a 420 km de Salvador, atrai viajantes do mundo todo em busca de suas belíssimas paisagens.

Dessa forma, é o lugar ideal para os amantes da natureza poderem curtir as cachoeiras, grutas, lagos e cânions que fazem parte da Chapada Diamantina.

Mas, é importante saber que apesar da natureza exuberante do local, a região é bem estruturada e possui uma ampla gama de serviços e hospedagem.

Além disso, a Chapada Diamantina é um destino muito procurado por aqueles que curtem ecoturismo e turismo de aventura e as trilhas estão entre as atividades mais comuns da região.

Há opções para todos os níveis de habilidade e preparo físico:

  • Para quem está iniciando, o ideal são as trilhas mais curtas e com pouco grau de dificuldade que você encontra no Parque da Muritiba e as da Cachoeira do Mosquito;
  • Mas, se você já tem alguma experiência em trilhas e faz a linha atleta, pode investir em roteiros mais longos e com um grau de dificuldade maior: Vale do Pati, Cachoeira da Fumaça ou Cachoeira do Mixila.

Natal

Para onde viajar em janeiro: Natal

A ensolarada Natal, no Rio Grande do Norte é a escolha ideal para quem curte altas temperaturas e belíssimas praias.

Contudo, há outras atividades também interessantes como, passeio de buggy pelas Dunas de Genipabu ou conhecer o maior cajueiro do mundo.

Vale a pena visitar os mercados artesanais onde você vai encontrar redes de descanso confeccionados pela população local e uma infinidade de castanhas, rapadura e demais alimentos típicos da região.

Há opções também para quem curte algo mais agitado. 

A antiga prisão da cidade é hoje maior Centro de Turismo de Natal, onde todas as quintas-feiras acontece um evento tradicional chamado Forró com Turista.

Lá, é possível conhecer melhor a cultura desse popular ritmo nordestino e até mesmo aprender a dançar.

Se Natal for a sua escolha, não deixe de visitar também:

  • o Aquário Natal, onde é possível ver de perto espécies nativas como o peixe pirarucu, tartarugas, pinguins e até mesmo um tubarão de 2 metros;
  • e o Forte dos Reis Magos, considerado o principal ponto turístico da cidade. Em formato de estrela , ele é a opção ideal para quem prefere um roteiro mais cultural sobre a história da cidade e sua fundação.

Para onde viajar em janeiro – Exterior

Lisboa

Para onde viajar em janeiro: Lisboa

Não há época desaconselhável para ir a Portugal. 

Apesar de ser inverno em todo o continente europeu, em Lisboa as temperaturas não são tão gélidas assim, podendo variar entre 8° e 15°. 

Difícil é escolher o que fazer em Lisboa e ter tempo para tantas possibilidades.

De bairros tradicionais às principais atrações turísticas, é impossível não se encantar por essa cidade tão acolhedora.

Certamente alguns lugares são indispensáveis para quem visita Lisboa pela primeira vez, dentre as quais podemos citar:

  • Visitar o Castelo de São Jorge

Uma das atrações mais bonitas de Lisboa, o Castelo de São Jorge é a atividade ideal para qualquer um em qualquer idade.

Construído por muçulmanos no século 11, ele possui vista privilegiada de toda a cidade e uma grande praça colonial.

  • Passear no Terreiro do Paço

Caminhar sem compromisso por um dos cartões-postais mais belos de Lisboa e ainda curtir o pôr do sol às  margens do Rio Tejo fazem parte de um programa despretensioso, mas muito agradável.

  • Andar de elétrico

Os elétricos são o transporte ideal para quem quer conhecer o patrimônio histórico e arquitetônico de Lisboa.

O mais famoso é o chamado Elétrico 28 que faz o trajeto Martim Moniz e Campo de Ourique, passando por todo o centro histórico até ruas e largos das zonas mais medievais da cidade.

Ushuaia

Para onde viajar em janeiro: Ushuaia

Se você está pensando onde viajar em janeiro para fugir do frio, a nossa dica é Ushuaia.

Localizada no arquipélago da Terra do Fogo, Ushuaia se denomina como a cidade mais austral do planeta.

A melhor época para visitar Ushuaia é durante o verão, quando os dias são menos gelados – as temperaturas costumam ficar entre 8° e 10° – e os dias mais longos.

Sendo assim, é muito mais agradável passear pelo Parque Nacional Tierra del Fuego, onde é possível avistar pinguins, principalmente nessa época, e a Laguna Esmeralda, um dos lugares mais incríveis de Ushuaia.

É durante o verão também que você consegue fazer passeios mais alternativos aos lagos Fagnano e Escondido e até mesmo se aventurar em um trekking pelo Glaciar Vinciguerra.

Além disso, nossa sugestão é que você inclua em seu roteiro:

  • O passeio pelo Trem do Fim do Mundo que segue por uma ferrovia construída por presidiários no fim do século 18 e passa por paisagens belíssimas;
  • A excursão marítima pelo Canal de Beagle, que separa Ushuaia das ilhas chilenas e oferece uma vista sensacional da Cordilheira Darwin;
  • Tour de bicicleta pela cidade para explorar as atrações próximas ao centro.

San Andrés

Para onde viajar em janeiro: San Andrés

Com altas temperaturas o ano todo, San Andrés é com certeza um dos destinos caribenhos mais belos e baratos e por isso, uma ótima opção para viajar em janeiro.

Toda a programação turística é direcionada a passeios aquáticos e o mergulho é umas das principais atividades da ilha devido a temperatura agradável da água do mar.

A Peatonal é a principal praia de San Andrés. É nela que você vai encontrar mais movimento e uma melhor estrutura.

O mar costuma ser calmo e por isso é propício para pessoas de todas as idades, incluindo crianças e aqueles que não sabem nadar.

Há muitos passeios oferecidos na ilha e a grande vantagem é que o preço é bastante acessível, principalmente se compararmos com passeios do mesmo tipo em praias brasileiras.

Um dos passeios imperdíveis é a Johnny Cay, uma ilha paradisíaca que fica a 15 minutos de San Andrés, onde você pode aproveitar o dia para praticar snorkeling e visitar o Aquário.

Mas engana-se que o turismo em San Andrés acontece somente durante o dia. 

Você também pode aproveitar a noite em um passeio de barco com duração de duas horas pela Baía de San Andrés. Nele está incluso buffet de jantar e música ao vivo. 

Imperdível tanto para quem está acompanhado como para aqueles que viajam solo.

Vale lembrar também que o seguro viagem é indispensável e fundamental para garantir a tranquilidade de qualquer viagem.

Quer mais dicas? Acesse o blog da Compara. Lá você encontra mês a mês os melhores destinos para curtir a sua viagem e torná-la inesquecível.