Caminhonetes antigas: 4 modelos cheios de estilo5 min read
Avalie esse post

De volta ao passado! Conheça 4 modelos de caminhonetes antigas restauradas e cheias de estilo.

Desde o lançamento do primeiro modelo, em 1905, as caminhonetes se tornaram objeto de desejo de muitos motoristas e o principal instrumento de trabalho daqueles que necessitavam transportar algum tipo de carga. Nos Estados Unidos, por exemplo, elas estão entre os veículos mais vendidos há cinco décadas.

O tempo passou e elas ainda despertam muito interesse. Para alguns, ter uma caminhonete antiga é mais que um hobby — é um estilo de vida! Afinal, restaurar uma picape exige dedicação e tempo.

Há quem diga que vale o esforço. Afinal, uma caminhonete antiga com peças originais pode ser vendida por até 30% do valor investido.

Abaixo, separamos os quatro modelos de picapes antigas mais cobiçados no mercado.

1. Caminhonetes Ford antigas

Ford F-1 1950

caminhonete antiga Ford

Produzida de 1948 a 1952, a Ford 1950 é um dos grandes sucessos da primeira geração de caminhonetes da linha F. Disponível com tração 4×4, frisos cromados e opcionais — como limpador e lavador de pára-brisa e para-sol — garantiram a F-1 um lugar de destaque.

Além dos opcionais, a sofisticação do modelo e a aerodinâmica diferenciada podem ser verificadas pelo vidro traseiro amplo, faróis acoplados ao para-lamas e grade frontal composta por barras.

Ford Coupé Utility

Caminhonete antiga Ford Coupé

O Coupé Utility  é, sem dúvidas, a referência em design, quando o assunto é caminhonete antiga. À primeira vista, a picape transmite um ar de personalização com sua carroceria em “forma de bandeja”. Além disso, trata-se de um veículo da Austrália que jamais foi exportado para os Estados Unidos (até a criação do El Camino e do Ranchero).

Lançada em 1934, a Coupé foi projetada especialmente para ser um automóvel versátil, capaz de circular com elegância pelas ruas e, ao mesmo tempo, transportar as cargas no meio rural. O seu grande segredo era combinar o chassi e a frente dos sedãs com a traseira das caminhonetes. Além disso, o capô esticado criou uma espécie de proteção muito elegante para os faróis.

2. Caminhonetes antigas Chevrolet

Chevrolet AC-10

caminhonete antiga Chevrolet

A C-10 é uma das caminhonetes antigas clássicas da Chevrolet. Lançada em 1975, ela foi projetada especialmente para ser a mais durável e confortável do segmento. A montadora não poupou investimentos e equipou o modelo com suspensão independente na dianteira e na traseira, e disponibilizou versões de 3 e 6 lugares.

A C-10 colocou a Chevrolet na liderança de vendas por algum tempo. A durabilidade acima da média, transmissão em 3 velocidades e 151 cv de potência levaram a picape a fazer parte da Marinha e do Exército Brasileiro.

3. Dodge D-100 Sweptside

caminhonete antiga Dodge

Entre 1961 e 1993, a Dodge lançou uma linha de picapes com o mesmo projeto básico, que recebeu a sigla inicial D/W. O projeto foi mantido até 1994, quando foi abandonado em razão da introdução da linha Ram. Em 1965, a D-100 foi redesenhada e passou a chamar a atenção com os quatro novos faróis.

Novas modificações ocorreram em 1972. Na ocasião, a inovação estética conferiu à caminhonete um charme a mais. Aparência arredondada, lanternas traseiras embolsadas e o capô recortado aproximaram o modelo de um outro automóvel: o Plymouth, de 1971.

Vantagens e desvantagens da caminhonete antiga

Assim como os demais veículos, ter na garagem uma caminhonete antiga tem suas vantagens e desvantagens. Entre os pontos positivos estão a exclusividade e a valorização. Além disso, investir nesse tipo de veículo é uma espécie de hobby. Portanto, restaurá-los pode ser um grande prazer.

Por outro lado, existem desvantagens. Em razão do ano de fabricação, será um pouco mais difícil encontrar peças de reposição e mecânicos especializados. Outros desafios são o alto valor de aquisição, a dificuldade de encontrar um carro em bom estado e os possíveis custos de manutenção, já que esse tipo de veículo costuma ser raro.

Além dos veículos mencionados, existem muitos outros modelos que merecem destaque, como a Dodge Fargo e a Chevrolet Blue Chip. Afinal, cada caminhonete antiga chama a atenção por um aspecto — algumas, pela estética e história; outras, pela motorização.

Como funciona o seguro para caminhonetes antigas?

Devido a falta de peças de reposição contratar um seguro auto convencional para carros com mais de 10 anos sai muito caro. Muitas seguradoras não aceitam carros mais antigos.

A dica da ComparaOnline, neste caso, é contratar  seguro auto Flex, protege o motorista de problemas graves como roubo, furto, incêndio, alagamento e colisão com perda total. Também há outras coberturas adicionais que podem ser incluídas na contratação como  danos a terceiros e assistência 24 horas.

Faça uma cotação de seguro gratuita utilizando nosso comparador!

Inscreva-se em nossa newsletter