Seguro Auto

Por |2018-11-26T16:51:29+00:0027 / nov / 2018|
Como fazer a limpeza de ar condicionado automotivo?5 min read
Avalie esse post

Assim como os demais componentes do veículo, o ar condicionado necessita de manutenção constante. A durabilidade do equipamento, o funcionamento do carro e a saúde do condutor e dos passageiros dependem diretamente dos cuidados com esse equipamento. Por isso, a limpeza de ar condicionado automotivo é fundamental!

Nada melhor do que dirigir um veículo com ar condicionado ligado, não é mesmo? Além do conforto térmico, trafegar com os vidros fechados aumenta a segurança dos ocupantes do veículo e diminui a inalação de poluentes. Mas, para desfrutar destes e de outros  benefícios é necessário fazer a manutenção e higienização correta do ar condicionado automotivo.

Por que a limpeza do ar condicionado automotivo é importante?

É uma questão de saúde manter o sistema de climatização em perfeitas condições. Os proprietários de “carros de garagem” e motoristas que utilizam pouco o recurso também não devem esquecer de fazer a limpeza do ar condicionado automotivo. Com o passar do tempo, o acúmulo de poluição e sujeira no aparelho pode causar doenças respiratórias e crises alérgicas. Veja por que a manutenção e higienização é importante:

  • elimina fungos, ácaros e bactérias;
  • aumenta a vida útil das peças do ar condicionado;
  • reduz a corrosão e possíveis entupimentos;
  • previne vazamentos;
  • diminui o gasto de combustível (arrasto do veículo e sobrecargas do compressor);
  • garante o alcance da temperatura, umidade e ventilação desejada.

Quando realizar a manutenção do ar condicionado?

A manutenção e a limpeza de ar condicionado automotivo devem ser realizadas de acordo com as especificações do manual do fabricante. Geralmente, o indicado é a cada 30 mil km ou 6 meses.

Entretanto, em alguns casos, pode ser que manutenção seja necessária antes desse período. Sempre que for verificado mau cheiro, queda no rendimento de resfriamento, dificuldade de circulação de ar e/ou desconfortos respiratórios, o sistema deverá ser revisto.

Na hora da higienização e/ou manutenção, algumas peças devem ser verificadas. Quando há queda de rendimento, por exemplo, é aconselhável averiguar o funcionamento do compressor, do evaporador, nível de pressão e presença de vazamentos nas tubulações.

Já o filtro (filtro de cabine) deverá ser substituído quando necessário. Vale lembrar que a higienização do ar condicionado automotivo realizada adequadamente limpará todo o sistema, ou seja, passará pela maioria das peças responsáveis pela climatização.

Como fazer a limpeza de ar condicionado automotivo?

Essencialmente, existem duas formas de garantir a qualidade do ar no interior do carro. Umas delas é recorrer a profissionais especializados. Quando surgir um defeito, será indispensável consultar um profissional da área. A segunda é colocar a mão na massa. Nesse caso, basta seguir o passo a passo:

  1. adquira um higienizador (aerosol bactericida);
  2. ligue o ar quente por cerca de um minuto para secar a tubulação. Feito isso, reduza a temperatura, acione a circulação de ar na cabine e desligue após algum tempo;
  3. consulte o manual para encontrar o filtro de cabine e tenha cuidado ao realizar a remoção. Geralmente, ele é instalado no painel. As peças são encaixadas de maneira específica e podem ser frágeis. O filtro é originalmente branco. Coloração diferente e presença de poeira indicam a necessidade de substituição;
  4. recomenda-se limpeza das imediações do filtro e do interior do veículo. Utilize um aspirador, flanelas etc. Realize a troca e instale novamente o filtro de cabine;
  5. após substituir o filtro, ligue o ar condicionado, abra todas as saídas de ar e feche todas as janelas;
  6. posicione e ative o bactericida com alongador no assoalho do carro (próximo aos dutos). Assim que ele chegar ao final, a limpeza do ar condicionado automotivo estará pronta. O ar (quente e frio) não deverá ser ligado por aproximadamente cinco minutos.

Não se esqueça que o bom funcionamento do ar condicionado do carro depende da utilização correta. Não exceda o limite de tempo de circulação de ar. Esporadicamente, ligue o ar quente para secar os dutos e não deixe o acessório inativo por muito tempo. Além disso, o ar deve ser ligado com o motor em baixas rotações e após a partida do veículo.

Prontinho! Agora você já sabe exatamente como realizar a limpeza de ar condicionado automotivo. Que tal seguir nossas redes sociais e ficar por dentro de outros conteúdos? Estamos no FacebookLinkedIn e Twitter!

Inscreva-se em nossa newsletter

Talvez você também goste