Seguro Auto Seguros

Recall de veículo: o que é, como funciona e qual é o direito do consumidor?

o que é recall
0

Já ouviu falar em recall? Este procedimento acontece quando um carro vem da montadora com algum defeito de fabricação, que coloque em risco a segurança do motorista e dos outros passageiros. Neste post, a gente explica como funciona, como consultar se o seu carro foi convocado e quais são os seus direitos como consumidor caso aconteça com você. Bora ler!

O que é recall?

recall significado

O recall é um chamado feito pelas montadoras e importadoras para consertar um defeito de fabricação nos veículos vendidos. Sim, as montadoras também erram e este procedimento acontece mais do que a gente imagina. Dependendo do caso de recall, o veículo pode inclusive ser retirado do mercado. Em 2008, um caso de recall de carro ficou famoso em todo Brasil, quando um motorista teve parte do dedo decepado ao tentar ajustar o banco de um Fox. A Volkswagen na época precisou convocar mais de 500 mil modelos Fox para reparo.

É claro que coisas como essas não acontecem todo dia, principalmente, porque as montadoras ao primeiro sinal de erro, já divulgam o chamado de recall, o quanto antes. Por exemplo, só em 2017, A Fiat convocou mais de 400 mil modelos para recall entre eles: oToro, o Argo, o Mobi Easy e Like 1.0, a Strada Working e o Fiorino.

O ano de 2017, cá pra nós, foi um ano repleto de recall, houve um grande aumento no número de chamados para conserto, se a gente comparar com 2016. Segundo um levantamento do site Autoesporte, foram mais de 1 milhão e 800 recalls em contrapartida a 1 milhão e 500 mil em 2016. A Toyota teve 3 em cada 10 veículos chamados para conserto. A Nissan mais 197 mil, Chevrolet en torno de 160 mil.

A questão é: pode acontecer com você! Mas não tema, a gente explica aqui quais são os seus direitos como consumidor e como fazer um recall.

 

Qual é o direito do consumidor no caso de um recall?

 

Caso isso aconteça com você, esta previsto pelo Código de Defesa do Consumidor  que as empresas são obrigadas a cuidarem do conserto do seu carro, sem custo e sem limite de data. O procedimento de recall também inclui autos seminovos e que já estão fora da garantia. As concessionárias autorizadas também não podem exigir que você tenha as revisões em dia para fazer o recall.

 

Como consultar e como fazer um recall?

 

O recall deve ser divulgado no site da empresa e também em meios de comunicação e órgãos de de defesa do consumidor como Procon e Ministério da Justiça. Caso você tenha dúvidas se o seu carro faz parte ou não dos veículos convocados é possível consultar pelo site do Denatran ( Departamento Nacional de Trânsito) ou no site da Senacon (Secretaria Nacional do Consumidor). Para verificar no Denatran, basta informar o número do Renavan do carro e cpf do proprietário, já no Senacon você consegue pesquisar pelos alertas de recall. O segundo passo é você comparecer a concessionária e agendar o quanto antes o conserto do veículo.

 

Por que você não pode deixar de fazer o recall?

 

Um estudo realizado pela Proteste mostrou um fato alarmante: são muito poucos os motoristas que comparecem a um recall automotivo no brasil. Segundo a Associação de Consumidores, a Toyota fez um recall por um problema no airbag de alguns modelos em 2017 e dos 223 mil proprietários, apenas 6.464 se apresentaram para o reparo. Isso é menos de 3% dos envolvidos.

Por esse número é tão preocupante? Porque quem deixa de fazer o reparo está colocando em risco a sua vida e a dos outros passageiros do veículo. O objetivo do recall é prevenir acidentes.

Não fazer o recall também desvaloriza o seu veículo e pode dependendo da peça defeituosa comprometer o funcionando do mesmo.

 

Falando em segurança, não esqueça do seguro auto! Ele garante a proteção que você precisa em caso de acidentes e colisões. Faça uma cotação aqui na ComparaOnline e encontre ofertas das maiores seguradoras do mercado e o melhor preço.

Lei também:

Inspeção Veicular será obrigatória até 2019 em todo país

CNH digital: fique por dentro dessa novidade!

Talvez você também goste
Como transferir o seguro do carro antigo para o novo?
logomarca ComparaOnline
ComparaOnline tem novo logo e outras novidades