Os bancos digitais surgiram com o objetivo de facilitar o uso de serviços financeiros e a relação banco-cliente. No entanto, uma dúvida bastante comum é sobre como cancelar cartão de crédito sem anuidade. Será que você pode apenas deixar de usá-lo? Ou é necessário cancelar, como nos cartões de crédito comuns? Descubra aqui no nosso blog!

É necessário cancelar cartão de crédito sem anuidade?

Primeiro, é importante lembrar que você sempre deve estar atento às taxas de serviços do seu banco, seja ele tradicional ou digital. Os bancos digitais, como Nubank, Neon, Inter, Next, Original e C6 Bank não têm taxas de anuidade para o uso do cartão de crédito. Por isso, muitas pessoas podem facilmente solicitá-lo e depois acabar não usando.

Caso você solicite o cartão de crédito em um banco digital e depois desista de usá-lo, é importante avisar ao banco e solicitar o cancelamento mesmo que nenhuma taxa seja cobrada. Tome cuidado para não perder o cartão antes de realizar essa ação, pois você corre o risco de alguém fazer uso indevido do mesmo ou dos seus dados.

A maioria dos bancos digitais orienta a cancelar o cartão de crédito mesmo que não incida nenhuma taxa anual sobre esse produto. O Nubank informa que depois de um período de doze meses, se você não usá-lo nenhuma vez, o cartão pode ser cancelado automaticamente conforme previsto em contrato. No entanto, se preferir, você pode cancelar a qualquer momento por meio do atendimento via chat ou telefone.

O Neon e o Inter também sugerem que o cliente entre em contato para pedir o cancelamento. Caso o cartão possua saldo devedor por compras realizadas, as faturas serão enviadas normalmente até a sua quitação total, diz o banco Inter. Na maioria dos casos, pode ser que você não tenha problemas por deixar um cartão de crédito sem anuidade parado na gaveta. Mas reforçamos que cancelar cartão de crédito pode ser uma ação rápida e mais segura para não gerar nenhum problema futuro.

>> Compare e descubra o melhor cartão de crédito conforme as suas necessidades

É possível cancelar um cartão com dívidas?

Aqui no blog já respondemos essa questão! Mas vale lembrar que é um direito do consumidor cancelar esse serviço mesmo que você tenha dívidas. Isso ajuda você a reorganizar sua vida financeira e a não acumular mais juros cobrados pelo banco.

Para isso, você deve entrar em contato com a instituição de crédito e solicitar a ação de cancelar cartão de crédito. O contato pode ser feito por qualquer via de atendimento oferecida pelo banco, mas recomendamos que você escolha um meio que te dê um documento registrando a sua solicitação. Em caso de processo judicial por parte da operadora do cartão, você precisará comprovar que de fato fez a solicitação.

Se você está pagando apenas o valor mínimo da fatura e acumulando juros, algumas operadoras – seja de banco tradicional ou digital – cobram 10% de juros ao mês sobre o valor devedor, o que acarreta em um crescimento exponencial da sua dívida. Ao cancelar o cartão de crédito, o montante da dívida para de crescer já que os juros cobrados pelo crédito rotativo não podem mais ser cobrados.

A partir do cancelamento somente os juros de mora, de 1% ao mês, podem ser incididos. Caso você não consiga pagar o valor integral da dívida negocie com a instituição financeira uma parcela que seja mais cômoda para você.

Cancelei o cartão de crédito. Como descartá-lo?

Muitas pessoas cortam o plástico em vários pedaços e danificam o chip para jogar no lixo. Provavelmente, essa ação será suficiente para garantir a sua segurança, mas será que é a mais sustentável? Alguns bancos também aceitam fazer o descarte desse material. Mas caso você não queira ir até uma agência – ou o serviço seja de um banco digital – você pode procurar um serviço adequado de coleta de cartões.

Vale lembrar que qualquer cartão contém inúmeros tipos de plástico e esses materiais levam anos para se decompor na natureza. Algumas empresas realizam ações para a reciclagem e para o descarte correto de cartões em desuso.

O Papa Cartão, por exemplo, é um sistema de coleta seletiva desenvolvida por uma empresa de São Paulo para que o próprio dono do cartão o destrua com segurança, podendo acompanhar através do visor transparente. Os resíduos são usados como matéria-prima para outros produtos. Essas máquinas estão distribuídas em vários pontos do Brasil, em locais estratégicos (metrô e shoppings) de São Paulo, Campinas, Santos, Belo Horizonte e Florianópolis.

Outros conteúdos que podem te interessar:

Como usar o cartão de crédito sem se endividar?

Como funciona o estorno do cartão de crédito