< Volver a Finanças

Restrições de Crédito – O que fazer para limpar o meu nome?

Escrito por Pedro Da Silva

Nos últimos anos os brasileiros tiveram um aumento considerável na sua renda, crescendo consequentemente a facilidade de crédito e o endividamento. Recentemente demos várias dicas de como sair do vermelho e hoje queremos te ajudar com algumas informações para que você se livre das restrições de crédito.

O que é a restrição de crédito?

Ter uma restrição de crédito significa que você se comprometeu com alguma instituição e não honrou com o pagamento da dívida. Como consequência, seu nome – mais especificamente o seu CPF – fica impedido de fazer compras a prazo, qualquer tipo de financiamento ou crediário e solicitar cartões de crédito, te deixando como opção somente compras à vista, com dinheiro ou cartão de débito. É o que popularmente chamamos de “estar com o nome sujo”.

Estes cadastros e controle de pessoas inadimplentes são geridos por bancos de dados privados como o SPC – Serviço de Proteção ao Crédito; SERASA e SCPC – Serviço Central de Proteção ao Crédito e alimentados pelas associações comerciais e de lojistas de todo o país.

Como saber se estou com o nome sujo?

Para que o seu nome seja incluído nos sistemas de proteção ao crédito as empresas precisam enviar uma notificação por escrito para a sua casa. Em muitos casos é possível até cancelar a inclusão do seu nome no SPC, ou em outros bancos, quitando a dívida dentro do prazo da notificação – 10 dias.

É importante saber que consultar se uma pessoa está com nome sujo não está à disposição de qualquer um, bastando alguns cliques na internet, e-mail ou até telefone. Nenhuma empresa presta este tipo de serviço gratuitamente pois é assim que elas ganham dinheiro. Portanto não acredite em e-mails, mensagens nas redes sociais, sms, ligações e quaisquer tipos de contato te oferecendo consulta e até uma consultoria gratuita, pois provavelmente se trata de um golpe para ter acesso ao seu CPF e dados pessoais para usá-los indevidamente.

Para saber de forma gratuita se o seu nome está com alguma restrição, você precisa comparecer pessoalmente a uma central de atendimento das empresas protetoras de crédito com algum documento de identificação oficial, como carteira de identidade; carteira de motorista; passaporte ou carteira de trabalho.  Acesse os sites para encontrar o endereço mais próximo a você.

eliminar dívidas

Como limpar o meu nome?

Depois que você paga a dívida, a responsabilidade de tirar o seu nome das listas de proteção ao crédito é do credor, ou seja, da pessoa para quem você devia, sob o risco de responder por danos morais. Fica a cargo dele solicitar em no máximo 5 dias úteis, contados a partir da data em que você quitou, a exclusão do seu nome dos bancos de dados. Caso o pagamento seja feito em cheque ou boleto bancário é necessária a compensação do crédito para começar a valer o prazo.

Também é importante saber que quando você renegocia uma dívida já existente, que está atrasada e sujou o seu nome, ao pagar a primeira parcela, entra em vigor a regra da exclusão dos seus dados dos cadastros após 5 dias úteis. Isto porque a dívida antiga passa a não existir mais e logo, não podem existir cadastros de inadimplência em relação à mesma.

Cuide do seu nome

Uma pesquisa realizada pelo SPC este ano constatou que quase um terço das pessoas inadimplentes ficou com nome sujo em razão de dívidas que não eram suas ao emprestar o cartão de crédito, fazer empréstimos ou abrir crediários em seu nome para outras pessoas. As mulheres, por serem mais emotivas, são as que mais emprestam o seu nome para familiares e amigos.

A recomendação do Compara é que você somente empreste o seu cartão de crédito ou qualquer outra modalidade de crédito se tiver condições de assumir, integralmente, a dívida da pessoa para quem está emprestando. Mesmo que seja um irmão ou um filho, pondere e tenha claro que independente da pessoa te pagar ou não, a dívida esta sendo feita com o seu nome. É melhor doar o dinheiro do que emprestar o seu nome. Não se financia uma amizade.

Tenha sempre muito cuidado com o seu nome e CPF. Seja no ambiente virtual ou real, desconfie de pessoas que querem ter acesso aos seus dados, de ofertas imperdíveis e propostas irrecusáveis. Infelizmente existem pessoas que somente querem tirar proveito e usam a falta da informação e ingenuidade para isto.