Conheça como funciona essa técnica e saiba em quais ocasiões ela é indicada Você sabia que é possível consertar pequenos arranhões e batidas do seu carro sem precisar gastar uma fortuna ou passar horas em um mecânico? É só usar um martelinho de ouro. A técnica, super simples e fácil, é feita com materiais que podem ser encontrados em qualquer local de conserto ou até mesmo dentro da sua casa. Neste texto, você aprenderá o que o martelinho de ouro, quais as suas vantagens e as situações em que ela é mais indicada. Ficou curioso? Então continue acompanhando o post.

O que é a técnica do martelinho de ouro?

O martelinho de ouro nada mais é do que uma técnica de funilaria para que pequenos arranhões e danos na lataria do seu carro sejam consertados. Sua realização é feita de forma artesanal, utilizando ferramentas como ventosas, ganchos com correntes e martelos. Algumas pessoas também utilizam ferros, pedaços de madeira e até mesmo tacos de bilhar. O importante não é exatamente qual o material utilizado, mas a técnica para conseguir desamassar. O martelinho de ouro se baseia em aplicar um pouco de pressão na parte traseira da lataria para que o metal volte ao seu estado natural, retirando assim o relevo das batidas.

Quais as vantagens de se utilizar o martelinho de ouro?

Apesar da técnica exigir paciência, os custos com o reparo chegam a ser quase nulos, já que quase qualquer equipamento pode ser utilizado. Outro benefício é o tempo para que o reparo seja completamente feito. Um serviço de pintura ou chapeação pode levar até 3 dias para ser concluído, enquanto com o martelinho de ouro o veículo estará pronto em poucas horas.

Quando é possível utilizar a técnica do martelinho de ouro?

O primeiro passo para verificar se a técnica é válida é verificar como está a pintura do seu carro. Caso a pintura tenha sido comprometida, talvez utilizar a técnica não seja a melhor opção, já que essa camada precisa ser colocada e a técnica pode acabar danificando a chapa de metal do carro. Outro aspecto para saber se é possível utilizar a técnica é com relação ao local onde o amassado ocorreu. Áreas próximas às dobras das chapas são locais impossíveis de serem desamassados apenas com o uso de ventosas. Amassados que atingiram algum vinco também precisarão de outro tipo de reparo, já que, ao utilizar a técnica, poderá custar valores e tempo maiores do que o compensável. É importante ter em conta que, caso a técnica seja feita por um profissional, o custo será cobrado por cada local amassado. Então, quanto mais locais estiverem danificados, mais caro será o conserto. Gostou? Leia também os textos abaixo! https://www.comparaonline.com.br/blog/seguros/seguro-auto/2018/11/micropintura-automotiva/ https://www.comparaonline.com.br/blog/seguros/seguro-auto/2018/04/carro-brilhando/ [/fusion_text][/fusion_builder_column][/fusion_builder_row][/fusion_builder_container]]]>