Seguro Auto

Quando preciso pagar a franquia do seguro auto?

pagar franquia seguro

A maior dúvida dos clientes ao contratar um seguro automotivo é sobre a franquia. O que faz parte do custo da franquia? E o que compõe o custo do segurado? Como esse valor é definido?
É importante saber esses conceitos para evitar sustos em situações de emergência.

Ao contratar o seguro do veículo, a franquia deve receber atenção especial, já que é comum fazer um seguro, levando em conta apenas o seu valor e levar sustos após perceber franquias altas.
A franquia é o nome que se dá para a parcela de custo que o segurado tem que arcar em casos de perda parcial do veículo. Isso significa que, quando o automóvel tem o índice de recuperação de 75% ou mais, o segurado deve pagar a franquia e a seguradora entra com o restante do valor.
Em linhas gerais, em casos de perda total, a franquia não é paga. Já em perda parcial, é necessário pagar a franquia.

Mas como isso funciona na prática?
Por exemplo, um automóvel que possui o valor segurado em 100%, de acordo com a Tabela Fipe, e possui valor de R$ 30.000. Após um acidente, se os custos do reparo forem a partir de 75% (no caso do carro de R$ 30.000, esse valor seria de R$ 22.500) os danos são considerados como perda total. Nesse cenário, um carro que possui a recuperação igual ou maior que R$ 22.500 não precisará pagar franquia.

Mas, se o valor for abaixo de 75%, a perda é considerada parcial. Nesse cenário, é necessário pagar franquia. Um reparo no valor de R$ 6.000, por exemplo, com uma franquia de R$ 1.500, o seguro fica responsável por pagar a diferença (entre os R$ 6.000 e R$ 1.500) de R$ 4.500. O restante é arcado pelo segurado.

Também não há pagamento de franquia em casos de raio, incêndio e explosão acidental, danos materiais e morais a terceiros e quando o veículo é roubado e não é encontrado. Se for encontrado, a franquia será paga para que os danos possam ser recuperados. Também há casos de franquia reduzida, em que o seu valor é menor, mas o preço do seguro é maior. E ainda há casos de seguro de carro em que a seguradora oferece descontos de até 25% em casos de pessoas com deficiência.

Para adquirir um seguro do automóvel e ficar por dentro de todas as suas especificações, o melhor é procurar a melhor opção online. A pesquisa pela internet permite a visualização das mais diversas empresas de maneira simples e detalhada.

Leia mais
Seguro Auto

Vai contratar um seguro de auto? Saiba o que eles normalmente não cobrem

seguro não cobre

Após a compra de um carro, é natural começar a pensar no seguro do veículo. O recomendado, inclusive, é que o seguro seja contratado antes do início do uso do veículo. Mas com tantas opções de planos, coberturas e preços, é natural que bata a dúvida sobre qual escolher. Definir com clareza o serviço contratado é essencial para evitar desagradáveis surpresas em momentos de emergência.

Grande parte dos clientes contrata seguro de carro com cobertura total contra colisão, incêndio e roubo, ou mesmo compreensiva. Apesar de ser normalmente um pacote mais caro, é o que oferece as melhores opções de segurança total. Mas, também há a possibilidade de proteção apenas contra roubo e incêndio. Esse plano é indicado principalmente para quem possui um automóvel com peças de alto custo de reposição, caso de carros importados ou antigos.

A grande dúvida entre quem contrata um seguro automotivo é, entretanto, o que não cobrem. O principal detalhe é que os seguros protegem apenas a estrutura geral externa do automóvel, como a carroceria, motor, chassi e caixa. Acessórios internos, como aparelhos de som, kit gás natural veicular, rodas esportivas e blindagem não entram no plano. Para cobertura desses itens, é necessário optar por planos específicos, que naturalmente elevarão o preço total do seguro.

Além disso, os seguros cobrem apenas acidentes provocados pelo homem ou fenômenos da natureza que ocorram em condições normais. Nesse caso, acidentes de trânsito, danos causados por terremotos, granizo, queda de árvores, enchentes e vendavais e até desabamento de parte de um prédio são cobertos. Entretanto, cabe à seguradora recusar ou não o pagamento do seguro se considerar que o cliente expôs o automóvel a um risco desnecessário. E em casos de vandalismos e outros tumultos, as seguradoras não cobrem os estragos, embora possam oferecer pintura para amenizar e cobrir possíveis arranhões.

Para completar, seguros realizados no Brasil cobrem apenas sinistros que acontecem no país. Ao viajar a um outro país da América do Sul, por exemplo, é necessário contratar uma extensão do seu plano, por meio de uma seguradora do país de destino que possua convênio com a empresa brasileira.

Para evitar surpresas, o essencial é ter atenção a todos os detalhes do contrato e não assiná-lo se persistirem dúvidas. E a melhor forma para adquirir o seguro do automóvel de maneira eficaz, levando em conta todos os detalhes das mais diversas empresas, é através da compra online, já que permite pesquisas extensas de maneira rápida e cômoda.

Leia mais
Seguro Auto

Instalar um rastreador reduz o preço do seguro auto

reduzir preço seguro

Adicionar dispositivos que auxiliam na segurança do veículo é algo que só traz vantagens. Equipá-lo com um rastreador, beneficia até o seguro do automóvel; as seguradoras, inclusive, fazem constantemente parceria com o rastreamento e reduzem o preço do seguro em até 30%.

A principal vantagem que isso dá ao seguro de carro é a maior facilidade de recuperação em casos de roubo, já que o veículo poderá ser rastreado. A seguradora oferece uma taxa menor graças a essa garantia que rastreadores oferecem. E a vantagem também abrange o cliente, já que a probabilidade de encontrar o carro em casos de roubo é bem mais alta. Mesmo em casos de sequestro, o rastreador possibilita que o cliente acione a Segsat que pode localizar o carro via satélite e informar à polícia. O rastreador ainda permite que o veículo seja bloqueado para impedir a ação dos ladrões.

O rastreador é uma ferramenta que se soma ao seu seguro de carro e deixa o serviço ainda mais abrangente. O menor custo que a seguradora tem reflete diretamente no bolso do cliente, que pode desembolsar taxas mais econômicas. Isso porque a Segsat é uma empresa com alto índice de recuperação de veículos, o que aumenta ainda mais o seu reconhecimento.

Unindo os dois serviços, o cliente tem o melhor custo-benefício do mercado. E as vantagens vão além do seguro do veículo e ao cliente, chegando até ao corretor. A tecnologia deixa o preço do seguro até 30% mais barato e as possibilidades de venda se tornam maiores. Em alguns casos, as empresas de rastreamento oferecem comissões para corretores que fecham a venda com o produto. Para completar, a carteira de clientes ficará mais produtiva, já que os casos de sinistro irão diminuir, beneficiando corretor e seguradora.

Para otimizar a aquisição de um seguro, o ideal é comprá-lo pela internet. A maior vantagem da compra online é a possibilidade de fazer uma busca completa entre as principais empresas do mercado com maior facilidade e de maneira ágil. Dessa forma, é possível visualizar todas as vantagens e desvantagens de cada plano e escolher o melhor de acordo com cada necessidade e perfil.

Leia mais
Seguro Auto

Bati o carro: o que faço?

batida de carro seguro

Após bater com o carro a principal medida a se tomar é manter a calma. Por se tratar de uma situação delicada, não é recomendado discutir, em nenhum cenário, já que você pode virar alvo de violência. A conversa descontrolada não levará a lugar nenhum.

Também é importante sinalizar o local do acidente, dessa forma evita-se que a ocorrência ganhe maiores proporções com novas colisões ou atropelamentos. Quando a situação estiver mais calma, é necessário anotar os detalhes do outro carro, como o ano, placa, marca e modelo do veículo, além do nome e telefone do proprietário. Para evitar nomes ou telefones falsos, é recomendado trocar cartões. Testemunhas também serão necessárias.

Se não houver vítimas, o carro pode ser removido do local e colocado em local seguro para não atrapalhar o trânsito. Em casos em que não há possibilidade de rodar o veículo, é necessário ligar para o número 190 para que seja enviado um guincho ao local. Já em casos de feridos é necessário ligar para o número 193 e acionar o Corpo de Bombeiros para atendimento médico de emergência. O socorro só deve ser prestado por especialistas, para evitar lesões mais graves.

Se houver seguro de carro, a seguradora deve ser contatada imediatamente. Muitas empresas possuem atendimento nesses casos, serviço de remoção do veículo ou acionamento de advogados. Por essas situações de emergência, é recomendado que o cartão com o telefone da empresa esteja sempre dentro do carro.

Os veículos devem ser mantidos o mais próximo possível de sua situação original, sem que atrapalhe o trânsito, até que a Polícia Militar chegue ao local e determine se será necessária uma perícia. Em seguida, será necessário fazer o Boletim de Ocorrência em algum posto policial da cidade. Para descobrir a delegacia mais próxima ao local, basta ligar para 190. Não existe prazo para fazer o B.O. e nem é necessária a presença de ambos os motoristas.

Caso o motorista responsável não aceite pagar a franquia, o prejudicado pode entrar com ação na Justiça. Já que a franquia geralmente envolve um valor considerado baixo, entre R$ 600 e R$ 2.000, o caso pode ser encaminhado para um Juizado de Pequenas Causas. Ações de até R$ 4.000 não precisam ser acompanhadas por advogados. Para entrar com ação, é necessário exibir cópias do Boletim de Ocorrência, documentos do carro, apólice do seguro do veículo e recibo do pagamento do conserto e franquia emitida pela oficina que realizou o trabalho. Se for possível, também é recomendado exibir fotos do local do acidente e dos danos ao veículo, além de, pelo menos, três testemunhas.

Sob qualquer cenário, a possibilidade de entrar em contato com a seguradora numa situação de emergência tira o drama da situação e torna tudo mais simples de ser resolvido. Quando adquirido online, o seguro do automóvel se torna uma poderosa ferramenta que pode ter todas as funcionalidades necessárias de acordo com o perfil do cliente, já que na internet é possível visualizar os mais diversos planos de uma só vez.

Leia mais
Seguro Auto

Como funciona o seguro de frota de veículos

seguro frota veículos

O seguro de frota de veículos é uma possibilidade para pessoas físicas ou jurídicas que precisam de seguro automotivo para vários veículos. Podendo ser contratado por uma única pessoa, esse tipo de seguro de carro terá variações, de acordo com cada seguradora, que irá estipular a quantidade mínima de carros que poderão ser segurados.

Esse tipo de cobertura costuma ter características específicas que precisam ser pesquisadas pelos interessados antes de sua aquisição. Um ponto importante é que, nesse caso, não é definido um único perfil de condutor, o que torna a negociação mais simples e flexível.

Quando o seguro do automóvel é feito via pessoa jurídica, ou seja, uma empresa ou associação de empregados de uma mesma companhia, as condições podem ser diferenciadas. Nesses casos, o seguro pode ser estendido aos veículos de subsidiadas ou coligadas da empresa, diretores, funcionários e parentes. Já no caso de pessoas físicas, o benefício pode ser concedido também aos pais, irmãos e cônjuges.

Outra vantagem do seguro do veículo de frotas é que, nesse caso, o custo da emissão do pagamento da apólice é cobrado uma única vez, gerando economias ao contratante. Em relação à precificação, ela é variável e estabelecida de acordo com o segmento de atuação do cliente, as formas nas quais os veículos são utilizados, a composição da frota e a área por onde circula.

O prêmio ao cliente também é calculado de forma diferente que os oferecidos nos seguros individuais. Geralmente é observado o resultado da frota como um todo e não o desempenho de cada veículo de forma isolada. Se apenas um carro tiver sinistro em seu registro, não deverá afetar a premiação final.
Pesquisar as opções de seguro de carro na internet é uma excelente forma de realizar uma compra segura. Com ComparaOnline é possível conhecer as opções oferecidas pelo mercado e fazer cotações online. Visite o site e conheça as melhores opções.

Leia mais
Seguro Auto

O que atrai e o que afasta os ladrões de carro?

o que atrai ladrao carro

Um dos maiores medos ao se comprar um carro é o de que seja roubado. Por isso, as dúvidas sobre o que atrai e o que afasta os ladrões são grandes. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, estima-se que mais de 380 mil carros sejam roubados por ano no Brasil. Mas, afinal, como afastar ladrões e evitar viver esse pesadelo?

O que atrai o ladrão:

– A revenda das peças do veículo é uma das principais razões para roubos no Brasil. Os carros preferidos dos ladrões são os mais populares, por serem mais fáceis de revender peças.

– Isso não quer dizer que carros mais caros estejam fora do alvo, claro. Nesse caso, eles são roubados como uma forma de encomenda. Nessa situação, o ladrão não se importa com os acessórios ou objetos que possam existir em seu interior, querem apenas o modelo do carro. Adquirir o seguro do veículo tem como a principal vantagem a possibilidade de comprar um modelo igual com o dinheiro dado pela seguradora.

– A facilidade também conta muito na hora de decisão de roubo. Se o ladrão visualiza que o motorista está distraído, é um alvo mais fácil. A desatenção, principalmente quando o motorista usa o celular enquanto dirige (quando, por exemplo, está parado num congestionamento) é o cenário perfeito para o ladrão. Cenários como andar com vidro aberto, demorar a sair do veículo após estacionar, esperar alguém sair de casa com carro ligado são os alvos mais fáceis para a ação de criminosos.

– Já que muitas vezes o veículo pode ser roubado para ser usado em outro crime (como assaltos a empresas, comércio ou residências), os ladrões também buscam veículos com porta-malas grandes.

– O horário também conta. Os ladrões preferem roubar durante a manhã, porque possuem mais tempo para dirigir e distanciar-se. Locais com fácil rota de fuga, como avenidas ou ruas próximas a rodovias são os locais preferidos.

– Os adesivos que o carro possui são uma boa pista sobre a profissão do motorista. Um adesivo sobre uma certa profissão ou com declarações como “I love Apple” podem dar uma pista da condição social do condutor do veículo.

 

O que afasta o ladrão:

– Carros com cores neutras são mais fáceis de vender e chamam menos atenção. Portanto, os criminosos raramente optam por roubar carros com cores fortes. Um carro com a cor laranja, por exemplo, é mais fácil de ser localizado após o roubo.

– Apesar de ser uma indicação controversa, há especialistas que acreditam que o uso de película afasta o ladrão. Isso aconteceria porque o ladrão não pode ver quantas pessoas e quem está dentro do carro, fazendo com que tema a reação das pessoas.

– Carros blindados ou com outros equipamentos de segurança também passam longe do radar do ladrão. São mais difíceis de desmontar e revender, além do risco de serem facilmente encontrados, no caso da utilização de rastreadores.

– Estacionar o veículo em locais movimentados e claros também inibe a ação de ladrões.

– Automóveis com menos acessórios também são menos roubados, porque não possuem peças que possam ser revendidas posteriormente.

Em qualquer um dos casos, um seguro do automóvel é extremamente recomendado para auxiliar em situações de emergência. Para uma pesquisa completa e mais ampla, o ideal é a pesquisa de seguros online.

Leia mais
Seguro Auto

Como alugar um carro no exterior?

alugar carro exterior

Viajar pelos países da Europa e pelos Estados Unidos dirigindo um carro é o sonho de muitos turistas; e bastante acessível, pois a maioria das estradas é bem cuidada, a sinalização é clara e os pontos turísticos ficam próximos uns dos outros. Em viagens para os parques da Disney em Orlando, por exemplo, muitas famílias já incluem o aluguel de um carro no seu pacote de viagem, para facilitar o transporte entre o hotel e os parques temáticos.

Se você quer alugar um carro para viajar pela América Latina, fica ainda mais fácil. Os brasileiros podem dirigir pelos países do Mercosul apresentando apenas a Carteira de Habilitação Nacional (CHN) e a carteira de identidade ou passaporte. É preciso contratar o Seguro Carta Verde, obrigatório, e que cobre acidentes com terceiros. A Carta Verde deve ser contratada, mesmo que você já tenha um seguro veículo.

Para dirigir um carro no exterior, você precisa ter mais de 21 anos na maioria dos países (até nos Estados Unidos, onde a idade mínima para dirigir é 16 anos, estrangeiros precisam ter, ao menos, 21), e apresentar um documento chamado PID (Permissão Internacional para Dirigir), uma espécie de carteira de habilitação internacional aceita em mais de 100 países. Para tirar sua PID, procure o DETRAN da sua cidade.

Muitas agências de viagem oferecem o serviço de aluguel de carro e, para isso, contam com parcerias de empresas de aluguel de veículos. Ao receber o seu modelo, confira se há áreas amassadas, arranhões ou outros danos, e veja se todos os equipamentos do carro estão funcionando.

Existem vários tipos de seguro veículo para carros alugados, sendo estes três, os mais importantes:

Collicion Damage Waiver (CDW)/Loss Damage Waiver (LDW): cobre perdas e danos por roubos e furtos, além de amassões, arranhões e outros danos ao veículo em si. Essa cobertura é às vezes chamada de “Seguro Veículo — Casco”, porque apenas o “casco” do carro é segurado.

Extended Protection (EP)/LIS/LP/ALI: esse item cobre danos materiais, ou físicos, incluindo, assim, casos de acidentes com vítimas. Inclui cobertura em caso de ferimentos, morte ou invalidez causados pela pessoa que contratou o seguro veículo. Os limites são pré-estabelecidos e variam de acordo com a empresa de locação de automóveis.

Por fim, existe o Carefree Personal Protection (CPP), que lhe garante uma indenização no caso de acidentes, além de custear despesas médicas, caso você se envolva em um acidente com o veículo alugado.

Encontre as melhores opções para alugar seu veículo online em sites de busca como o Expedia e o Mobility. Você também pode fazer uma cotação gratuita do melhor seguro veículo para você e sua família. ComparaOnline  te ajuda a encontrar os melhores preços de seguro para fechar um bom negócio.

Leia mais
Seguro Auto

Por que seguros para carros importados são mais caros?

seguro carro importado

Na hora de escolher uma das opções de pacotes para seguro automóvel começam a surgir dúvidas que devem ser sanadas junto à seguradora.Uma das principais questões envolve o motivo pelo qual o seguro automóvel de carros importados é mais caro que os carros produzidos no país.

A resposta da seguradora para essa pergunta será a de que existem inúmeros fatores que acabam influenciando no custo da mensalidade de um pacote do seguro automóvel para carros importados. Mas, o motivo principal se deve ao fato de que quando um motorista se acidente ou perceba que o seu automóvel está com problemas e precisa ter uma ou mais peças substituídas, elas também serão importadas.

Nesse caso, o conserto pode demorar mais tempo, pois as peças não estão disponíveis para o conserto. Funciona assim: o modelo de veículo da marca X não possui as suas peças disponíveis no Brasil. Por isso, as seguradoras oferecem planos de seguro automóvel por um custo mais alto, para poderem importar estas peças rapidamente e também para cobrir suas despesas.

Mas, também pode ocorrer o oposto: o modelo de veículo da marca Y é importado, mas existem lojas autorizadas de peças no Brasil. Neste caso, as seguradoras possuem o que precisam ao seu alcance, então os pacotes das seguradoras saem mais em conta para este modelo específico.

Outro fator que influencia no custo do seguro de automóveis é a idade do carro importado. Isso significa que os veículos antigos possuem peças ainda mais caras pelo simples motivo de que já não são fabricadas.

Por todos esses motivos, optar por um carro importado não é desvantagem, afinal, ele possui tecnologia avançada que os demais modelos nacionais não possuem – o que em si só já reduz os riscos de acidentes automobilísticos.

Acesse ComparaOnline e conheça todas as opções de seguro automóvel do mercado.

Leia mais
Seguro Auto

Quando é a hora de trocar o óleo do carro?

trocar oleo carro

O óleo é um lubrificante que diminui o atrito entre as peças móveis do motor do carro, diminuindo seu desgaste e eliminando resíduos procedentes do processo de combustão, além de aumentar a vida útil do motor e otimizar o consumo de combustível. A viscosidade do óleo tende a diminuir com o tempo, exigindo trocas regulares – que variam de acordo com o tipo de produto.

Geralmente, recomenda-se a troca do óleo na metade do tempo estipulado pelo fabricante, caso o uso de seu carro se encaixe na categoria “uso severo”. Nessa categoria, estão os carros que trafegam nas grandes cidades, onde há engarrafamentos constantes (com velocidade média abaixo de 10 km/h), em estradas enlameadas ou poeirentas, ou quando os trajetos são mais curtos que 5 km. Isso porque quando a viagem é muito curta, o motor não atinge a temperatura ideal e a condensação da água e combustível não queimado termina contaminando o lubrificante, que perde sua viscosidade mais rápido.

Existem várias marcas de óleo que se dividem em três tipos básicos: mineral multiviscoso (mais comum e mais barato, geralmente indicado para carros populares), semissintético (recomendado para motores mais potentes) e sintético (indicado para carros esportivos, que atingem altas velocidades).

Você pode utilizar qualquer um dos três tipos de óleo no seu carro, mas há vantagens e desvantagens. Uma boa dica é ler o manual do proprietário do carro para saber qual o mais indicado. Também é mais seguro trocar o lubrificante em uma concessionária autorizada, em vez de fazê-lo nos postos de gasolina comuns.

Isso porque é preciso saber qual a marca e o tipo de óleo que já está no motor, e qual o mais indicado para o veículo. Além disso, é preciso aguardar ao menos três minutos com o carro desligado, antes de efetuar a medição e troca, para dar tempo a todo o óleo circulante no motor voltar para o cárter, permitindo assim que a medição possa ser feita corretamente.

Além de cuidar da manutenção do seu automóvel, é preciso investir em um bom seguro carro, que ofereça cobertura, não apenas no caso de furtos e acidentes que causem danos materiais ao veículo, como também a você, a passageiros e a terceiros.

Existem diferentes tipos de seguro carro de acordo com o perfil do motorista, como os voltados para mulheres, jovens motoristas, pequenas empresas e idosos, entre vários outros. Escolha o melhor seguro carro para seu caso e dirija mais tranquilo. Muitas seguradoras também contam com oficinas próprias para você realizar serviços de manutenção do veículo, como a troca de óleo.

Uma boa maneira de pesquisar qual o melhor seguro para seu caso é com ComparaOnline. Basta colocar os dados do seu veículo no simulador para automaticamente comparar os melhores preços e ofertas de seguro carro oferecidos no mercado.

Leia mais
Seguro Auto

Cobertura de acidentes pessoais de passageiros

seguro passageiros carro

Na hora de contratar um seguro, geralmente os serviços mais comuns nas apólices são os de furto, roubo, colisão e incêndio. Mas, é importante saber que alguns seguros também cobrem acidentes pessoais a passageiros.

A cobertura contra acidentes pessoais a passageiros que o seguro veículo oferece se trata de uma indenização em casos de danos causados por acidentes que afetem os passageiros do veículo. Essa cobertura pode cobrir danos hospitalares provenientes do acidente e até assegurar indenização em casos de invalidez permanente ou morte.

É necessário ter atenção e perceber que a cobertura de acidentes pessoais de passageiros não é o mesma que a cobertura de responsabilidade civil. Essa última é facultativa para veículos automotores contra terceiros. Garante o reembolso em casos de prejuízos materiais e corporais que podem ser provocados a uma terceira pessoa, enquanto o seguro veículo indeniza os passageiros e o segurado (e também os beneficiários, em casos de lesão corporal ou morte).

Dessa forma, a diferença entre os dois tipos está em quem será beneficiado. Enquanto na cobertura de responsabilidade civil o terceiro que sofre danos é o beneficiado, com a cobertura de acidentes pessoais de passageiros os beneficiados são o motorista e passageiros em casos de danos ou lesões.

A cobertura de acidentes pessoais de passageiros protege tanto das lesões, quanto de gastos médicos, além de consequências do acidente, como invalidez ou morte, já que uma indenização será oferecida para a família.

Então, se houver acidente que provoque lesões a uma das pessoas transportadas, o seguro veículo garante a cobertura das despesas, de acordo com os danos causados. Tais detalhes devem ser especificados na apólice do veículo segurado.

A compra de seguro veículo online tem como principais vantagens: economia de tempo e dinheiro, pois é possível simular o seguro e ficar a par de todas as melhores opções do mercado. Compara Online te ajuda nessa escolha! Entre e confira.

Leia mais
1 96 97 98 99 100 108