O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa com 4 milhões de associados em 22 estados e no Distrito Federal. São 1.600 agências com mais de 300 produtos e serviços financeiros. As cooperativas de crédito são associações sem fins lucrativos que utilizam os ativos para financiar os próprios associados, mantendo os recursos nas comunidades onde eles foram gerados.

Em uma cooperativa de crédito, além de correntista e usufruir dos benefícios de um banco, o associado torna-se dono. Desta forma, o diferencial do Sicredi é a participação e o acompanhamento constante dos lucros.

Os sistemas cooperativos de crédito são regidos pelas mesmas normas operacionais e prudenciais aplicadas pelo Banco Central às demais instituições financeiras. Todos os depósitos das cooperativas são assegurados pelo Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito (FGCoop), que cobre até o limite de R$ 250 mil em casos de decretação de liquidação. Esse é o mesmo valor de cobertura do Fundo Garantidor de Crédito (FGC) em relação aos depósitos bancários, na hipótese de liquidação de um banco comercial.

A fatia de mercado das cooperativas de crédito é em torno de 3% do total do país. As mais de 1.400 cooperativas existentes no Brasil administram ativos em torno de US$ 16 bilhões, oriundos de seus quase 4 milhões de associados. 

Como funciona o Sicredi?

A Cooperativa de Crédito Singular mais antiga deste sistema foi criada em 1902 no município de Nova Petrópolis, no Rio Grande do Sul. Desde sua origem, o foco do Sicredi sempre esteve em oferecer soluções de forma cooperativa para pessoas físicas, pequenos empreendedores e agronegócio.

Atualmente, abrir uma conta-corrente é um dos primeiros passos para se tornar parte do Sicredi. Com isso, é possível unificar os serviços de depósito, saques, pagamentos, transferências, investimentos e crédito. Para abrir a conta-corrente é necessário apresentar documento de identificação, comprovante de residência e de renda. Esses mesmos documentos devem ser apresentados para se associar através de outros serviços, como Crédito Fácil. O código do Banco Sicredi é 748.

Para atingir associados mais jovens, o Sicredi também conta com um cartão de crédito para pessoas de 18 a 25 anos. O Sicredi Touch é o cartão para quem busca exclusividade de atendimento. Em 2018, o Sicredi lançou o Woop Sicredi, uma plataforma que oferece uma experiência cooperativa 100% digital.

Em 2018, foram distribuídos os resultados do exercício de 2017 aos associados, com base nas decisões tomadas nas assembleias gerais. Do montante de R$ 677 milhões disponíveis, R$ 526 milhões foram distribuídos aos associados, representando 77,7% do total. 

Afinal, Sicredi é confiável?

O índice de satisfação dos associados é medido por meio da pesquisa Net Promoter Score (NPS), métrica que indica se um consumidor indicaria o serviço ou produto para outra pessoa. No caso do Sicredi, o NPS em 2018 ficou em 68,9%. Entre seus mais de 25 mil colaboradores, a empresa é bem vista e ficou pelo 8º ano consecutivo entre as Melhores Empresas para Você Trabalhar segundo a revista Você S/A.

No ReclameAqui, a empresa resolveu 74,6% dos problemas e respondeu 100% das reclamações nos últimos seis meses (01/01/2019 a 30/06/2019). Nesse período, foram 602 reclamações, a maioria das reclamações são sobre cobrança indevida e dificuldade em realizar acordo. De todos que reclamaram, 61,5% voltariam a fazer negócio com o Sicredi e deram uma nota média de 5.98 para o atendimento recebido.

A nota de reputação do ReclameAqui é baseada nas avaliações dos consumidores a partir de critérios, como índice de resposta, média das avaliações, índice de novos negócios e índice de solução. Cada um desses pontos soma para a nota final, com diferentes pesos. Nos últimos seis meses, o Sicredi soma uma nota de 7.3 considerada “boa”.

Saiba também: